Sinopse:


O cenário da trama é desolador. Habitado por meninos que foram levados para lá muito novos e geralmente contra a sua vontade, o Santuário dos Redentores é uma mistura de prisão, monastério e campo de treinamento militar. Lá, esses milhares de garotos são submetidos a uma sádica preparação para lutar contra hereges que vivem nas redondezas. A intenção dos Lordes Opressores, os monges que protegem o lugar, é fortalecer os internos tanto física quanto emocionalmente, preparando-os para uma monstruosa guerra entre o bem e o mal.
Entre os jovens está Thomas Cale. Não se sabe ao certo se ele tem 14 ou 15 anos ou como foi parar ali. O que se sabe é que Thomas tem uma capacidade incomum de matar pessoas e organizar estratégias de combate. Essas poderosas habilidades serão colocadas à prova quando ele e dois amigos testemunham um brutal assassinato entre os corredores labirínticos da prisão. A visão do crime dá início a uma perseguição desesperadora e, finalmente fora dos muros do monastério, Cale irá compreender a extensão da crueldade dos lordes e a verdadeira origem de seu poder.


A Mão esquerda de Deus de Paul Hoffman é o primeiro livro de uma trilogia e nos leva em uma viagem aterrorizante e violenta, através de um jovem que tem entre 14 ou 15 anos, nem mesmo ele tem certeza;  seu nome também é desconhecido; possui apenas o nome que lhe foi dado naquele lugar, Thomas Cale!

Cale segue em busca de liberdade e busca sobreviver em meio ao caos em que vive!
Ele foi treinado para lutar e possui uma sagacidade enorme para traçar métodos eficazes de combate.
Para aqueles que são chamados de Lordes, Thomas seria uma arma na luta contra a heresia!

Você precisa ser forte para conseguir sobreviver, do contrário seus dias estarão marcados! É quase impossível fugir do Santuário dos Redentores que de Santuário não tem nada! Nesse lugar macabro, só o que se encontra é fome e ali você vive constantemente aterrorizado e jamais há piedade ou bondade!

Cale presencia um crime que o choca tamanha sua brutalidade e injustiça, isso o revolta de tal forma, que mesmo pelos motivos certos acaba se envolvendo em outro crime. Dessa forma ele se vê com apenas uma única opção.. fugir do Santuário o mais rápido possível!

Cale conta com a ajuda de seus amigos Henri e Kleist e o trio foge em disparada sendo perseguidos incansavelmente! Os Redentores o perseguirão, onde quer que ele vá!

Esse livro é fantástico. Daqueles que te prende do inicio ao fim e que te deixam em desespero e gritando: "sai daí!" "Não Faça isso!".
O autor nos mostra detalhes descritivos das batalhas ocorridas durante a história e garanto.. são de arrepiar!
O livro é perturbador de uma forma deliciosa. Perturbador por se tratar de crianças sofrendo de forma tão violenta e chocante que nos faz sentir pânico! E deliciosa porque acredito que essa era a intenção do autor, nos fazer viver aquela história de forma a pensar que as palavras saltam as páginas!

O destino de Cale está traçado, ele apesar de sua pouca idade já é um assassino cruel!
Será que você tem coragem de adentrar o mundo de Cale?
Eu tive! E não me arrependi!
Preciso de mais!

É difícil falar desse livro sem soltar spoiler, são tantos acontecimentos interessantes e que fazem dessa trama algo como disse acima: "Pertubador e delicioso"

ISBN: 9788560280537
Livro: A Mão Esquerda de Deus
Autor(a): Paul Hoffman
Editora: Suma de Letras
Edição: 1
Ano:2010
Páginas:341
Avaliação:5 S2
 

5 Comentários

  1. Bom dia Karini, tudo bem?
    Eu ainda não li nenhum livro dessa trilogia, mas sei que o autor escreve muito bem.... gostei de saber que é um tipo de livro que prende a nossa atenção e nos fazer reagir as cenas descritas.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li o livro, mas pela sua resenha percebemos que é muito interessante!

    ResponderExcluir
  3. Sua resenha está ótima, mas eu confesso que não gosto de livros assim, cheios de violência, nem mesmo filme sou capaz de aguentar muito. Ainda mais se tratando de crianças né, quando assisti Jogos Vorazes, só não gostei deste fato! Eu acho que sou muito sentimental e acabo dando vida aquilo que estou lendo ... haha


    Xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Uau, parece sangrento!
    E esse Cale parece assustador como vingador!
    Uau!

    ResponderExcluir
  5. A mão esquerda de deus parece ser daqueles livros que te fazem penetrar na história e não largar até o fim!

    ResponderExcluir