Resenha: A menina que fazia nevar - Grace McCleen



 Sinopse
Todos os dias se parecem na vida que Judith McPherson leva ao lado do pai. Eles têm uma rotina simples e reclusa, numa casa repleta de lembranças da mãe que ela nunca conheceu, e as únicas pessoas com quem convivem são os fiéis da igreja cristã a que pertencem. Judith não tem amigos na escola, onde é alvo de gozações, e para encontrar consolo se refugia no mundo de sucata que construiu em seu quarto. Lá, cada dia é um dia, e a vida pode ser incrivelmente feliz graças a sua imaginação. Basta acreditar que a Terra Gloriosa, como ela chama sua maquete, é realmente o paraíso prometido onde um dia vai viver ao lado da mãe. Aos dez anos, Judith vê o mundo com os olhos da fé, e onde os outros veem mero lixo, ela identifica sinais divinos e uma possibilidade de criar. Assim, constrói bonecos de pano e inventa para eles histórias felizes na Terra Gloriosa. O que nem Judith poderia imaginar é que talvez seu brinquedo seja mais do que uma simples maquete. Pelo menos é o que parece quando ela cobre a Terra Gloriosa de espuma de barbear e a cidade aparece coberta de neve na manhã seguinte. Um pequeno milagre, é assim que ela interpreta esse e outros sinais parecidos. Tão pequeno que muitas pessoas poderiam pensar que não passa de coincidência, mas Judith sabe que milagres nem sempre são grandes, e que reconhecê-los é um dom de poucas pessoas. Longe de ser benéfico, no entanto, esse poder traz consigo uma grande responsabilidade. Afinal, seria certo usar a Terra Gloriosa para se vingar de Neil Lewis, o colega que a maltrata todos os dias na escola?


Uma história linda, que retrata fé, amor.. Sabe quando você lê algo que naturalmente te faz pensar em como quer ser melhor? Em como há esperança, basta termos fé?!
Essa é uma dessas histórias!

Em A menina que fazia nevar, conheceremos a linda Judith McPherson, uma menina de apenas 10 anos, que vive com seu pai, um homem sério e até mesmo grosseiro por sua postura sempre rígida. A pobre Judith perdeu sua mãe ainda bebê e por isso sua única família é seu pai.

Ela sofre bullying  na escola o que acaba retraindo Judith ainda mais e a afastando de uma vida normal que uma criança de sua idade pudesse levar. Sua realidade de vida a faz ser uma menina isolada e até mesmo bizarra aos olhos dos seus colegas, pois Judith prega com outros religiosos de porta em porta, levando a palavra de Deus..

Judith possui uma maquete que chama de Terra Gloriosa, essa maquete parece ser um monte de sucata, porém na cabecinha da pequena Judith, ela imagina ali, um lugar maravilhoso, onde as pessoas viverão após o fim dos tempos. Judith é uma criança de extrema bondade e uma fé inabalável. Chego a ter inveja branca de tamanha fé e bondade..

Em um dia que parece como qualquer outro, um colega de classe, ameaça Judith dizendo que irá enfiar a cabeça da jovenzinha na privada; ela é ingênua e se assusta muito com o que ele diz, imaginando sua morte até. Ao chegar em casa, Judith coloca espuma de barbear em sua maquete, imaginando ser uma grande nevasca e em como seria bom se aquilo acontecesse, assim não teria de ir para a escola e encarar a morte através das ameaças de Neil Lewis. Completamente estupefata.. No dia seguinte Judith percebe que a cidade inteira está envolta em uma nevasca.
A partir daí Judith acredita que pode, através de sua fé, efetuar milagres..

Está história é realmente comovente e linda, narrada pelo ponto de vista da pequena Judith.
Fiquei estarrecida pela menina e com imensa vontade de fazer parte da história e confortá-la em determinados pontos. Como quando ela acredita que seu pai não a ama.. Na verdade ele não sabe demonstrar sentimento e é tão retraído em seu mundo quanto à própria Judith.

Judith apesar de toda sua aparente fragilidade é uma menina inteligente e que possui uma bondade e força sobrenatural. Através de sua fé, ela sempre acredita que as coisas possam melhorar.

A história aborda problemas do cotidiano como Bullying, medo, falta de interação familiar, perda, fé, amor, compaixão e etc.

A meu ver, uma leitura que deveria ser obrigatória, pois nos faz refletir sobre o dia a dia, sobre nossas ações, sentimentos, comportamento..
ISBN:9788565530217
Livro:A menina que fazia nevar
Autor (a):Grace McCleen
Tradutor:Renato Prelorentzou
Editora:Paralela
Tradutor:Renato Prelorentzou
Ano:2013
Edição:1
Páginas:312
Avaliação:5 S2
 

5 comentários

  1. Fiquei encantada com sua resenha, deu vontade até de ler o livro.
    Ultimamente estou procurando história assim, que deixam um ensinamento para a gente. Já vou adicionar ele a minha lista.
    Beijos..

    ResponderExcluir
  2. Encantador é a palavra para descrever este livro! *-*

    ResponderExcluir
  3. Deve ser uma fofura só esse livro, pois apesar do que acontece com a menininha ela se mantém firme na fé, deu uma inveja branca agora também em mim kkkkk

    Vou colocar ele na minha lista, merece ser lido
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Nao gostei do livro, achei o final horroroso, a garota ia se matar?! E ai ve q ñ ama o pai a ponto de dar a vida por ele e desiste de se matar?! OMG! Uma imagem distorcida de Deus, q coloca um peso terrivel sobre os ombros da garota. culpando ela de tudo q acontece na cidade. so gostei do modo como ela falou sobre fe, mas o resto. #tenso
    Www.coisasdebelaa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. A fé pode mover montanhas... ou como no caso desta menina, fazer nevar nelas (:
    Este livro é o máximo, para quem ainda não leu vão qui sacá-lo:

    http://portugues.free-ebooks.net/categoria/romance/9

    garantido que vos vai fazer ver a vida com outros olhos...!

    ResponderExcluir