Resenha: "O Beijo das Sombras" - Série Academia de Vampiros #1 - Richelle Mead



Lissa Dragomir é uma adolescente especial, por várias razões: ela é a princesa de uma família real muito importante na sociedade de vampiros conhecidos como Moroi. Por causa desse status, Lissa atrai a amizade dos alunos Moroi mais populares na escola em que estuda, a São Vladimir. Sua melhor amiga, no entanto, não carrega consigo o mesmo prestígio: meio vampira, meio humana, Rose Hathaway é uma Dampira cuja missão é se tornar uma guardiã e proteger Lissa dos Strigoi - os poderosos vampiros que se corromperam e precisam do sangue Moroi para manter sua imortalidade. Pressentindo que algo muito ruim vai acontecer com Lissa se continuarem na São Vladimir, Rose decide que elas devem fugir dali e viver escondidas entre os humanos. O risco de um ataque dos Strigoi é maior, mas elas passam dois anos assim, aparentemente a salvo, até finalmente serem capturadas e trazidas de volta pelos guardiões da escola.Mas isso é só o começo. Em O beijo das sombras, Lissa e Rose retomam não apenas a rotina de estudos na São Vladimir como também o convívio com a fútil hierarquia estudantil, dividida entre aqueles que pertencem e os que não pertencem às famílias reais de vampiros. São obrigadas a relembrar as causas de sua fuga e a enfrentar suas temíveis consequências. E, quem sabe, poderão encontrar um par romântico aqui e outro ali. Mais importante, Rose descobre por que Lissa é assim tão especial: que poderes se escondem por trás de seu doce e inocente olhar? Richelle Mead dá uma nova face à literatura vampiresca com este romance: mais ácida, apimentada e inteligente do que nunca, a saga dos Moroi e seus guardiões surpreende pelas reviravoltas e pela ousadia desses cativantes personagens.

Editora: Nova Fronteira
Ano: 2010
Edição: 2
Páginas: 320
Skoob: Clique aqui
Avaliação: 4

"O Beijo das sombras" é o primeiro livro da série Academia de Vampiros escrito pela autora Richelle Mead e apresenta aos leitores três novas visões do mundo vampiresco: os Moroi, os Dampiro e os Strigoi. 
O início do livro mostra a vida de Lissa e Rose como fugitivas, vivendo no mundo humano. O leitor só irá compreender a necessidade de ambas fugirem da escola mais perto da metade do livro, pois ambas guardam muito bem o segredo.

"O pesadelo dela pulsou dentro de mim, arrancando-me do meu próprio sonho, onde eu estava numa praia e Orlando Bloom passava óleo de bronzear no meu corpo". (p. 05)

Lissa é uma princesa Moroi, a última representante de sua família e tem uma personalidade mais tranquila, racional. Ela tem um peso muito grande em suas costas, pois precisa aprender a ser mais diplomática e a lidar com grandes questões de governo.

"Lissa tinha de se envolver com outros assuntos. Os Dragomir eram uma das doze famílias governantes. Ela ocuparia um lugar muito poderoso na sociedade Moroi, e os outros jovens da realeza Moroi queriam se dar bem com ela". (p.55)

Rose é uma Dampira, que tem como principal função servir de guarda-costas pelo resto da vida para os Moroi. É claro que pela sua amizade com Lissa, ela espera ser a guarda-costas da princesa, mas seu ato de rebeldia e falta de treinamento irá pesar muito na decisão, então ao retornar à São Vladimir ela se dedica bastante. Talvez o fato de ter Dimitri como treinador particular pode ter influenciado em seu empenho, mas que garota iria resistir a ele.
Rose é espontânea, maluca e adora flertar com os garotos, tanto Dampiro quanto Moroi.

Levando em conta que logo após o seu treinamento Rose terá que se dedicar unicamente a proteger o seu Moroi designado é compreensível a necessidade da personagem em aproveitar o máximo possível a vida.

"Eu era a que agia, que fazia as coisas acontecerem - às vezes precipitadamente. Ela era a mais racional, a que planejava as coisas e as pesquisava exaustivamente antes de agir. Ambos os estilos tinham as suas vantagens..." (p.11)

Dimitri é um dos Dampiro que levam Rose e Lissa de volta para São Vladimir. É um personagem enigmático, reflexivo e guerreiro. Sua fama é conhecida por todos do colégio, mas apesar de ter uma postura profissional, ele é naturalmente sexy e deixa Rose meio desnorteada.

"Ele era mais velho do que nós, com seus vinte e tantos, talvez, e parecia tão alto quanto eu o imaginara, teria provavelmente um metro e noventa ou um metro e noventa e cinco de altura. E, em outras circunstâncias - digamos, se ele não estivesse impedindo a nossa fuga desesperada - eu o teria achado lindo. Cabelos castanhos na altura dos ombros, presos atrás num curto rabo de cavalo. Olhos castanhos-escuros". (p.12)

No núcleo do colégio alguns personagens ganham destaque, como a Mia, que é uma jovem que implica com Rose e Lissa, principalmente com Lissa, e que está entre os populares da escola. Na outra ponta do status social escolar, temos Christian Ozera, um jovem que teve um terrível passado, envolvendo Strigoi.

"Não importa o que aconteça no nosso mundo, algumas verdades básicas sobre vampiros não mudam jamais. Os Moroi são vivos; os Strigoi são morto-vivos. Os Moroi são mortais; os Strigoi são imortais. Os Moroi nascem Moroi; os Strigoi se transformam em Strigoi". (p.58)

Durante o desenvolvimento da trama as personagens vão relembrando aos poucos os motivos de sua fuga, dando pistas aos leitores, e também vão investigar um fenômeno sobrenatural pouco discutido entre Moroi e Dampiro.
Tanto a construção dos personagens como a construção das espécies é muito bem feita pela autora. 
A trama é envolvente, os personagens cativantes e a leitura flui muito bem. Sem dúvida a autora escolheu um modo muito diferente para retratar os vampiros.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa não entrega detalhes da trama e também não é muito atraente.

"Seus caninos me rasgaram a pele, com força, e eu dei um grito sentindo a breve chama da dor. Depois passou e se transformou numa imensa e maravilhosa alegria que se espalhou por todo o meu corpo. Era melhor que todas as vezes em que eu estivera bêbada ou chapada. Era melhor do que sexo..." (p. 07)


4 comentários

  1. Oi Carol, tudo bom? *-*
    Adooorei a sua resenha! Confesso que até um tempo atrás eu nem dava muita atenção pra essa série. Primeiro porque já estava ficando famosinha entre todo mundo - e eu sou meio chata pra essas coisas. Não gosto de ler coisas que tooooodo mundo está lendo T.T - e segundo porque a minha cota para vampiros e sobrenatural já estava no limite. Mas, depois de assistir o trailer do filme e acompanhar alguns quotes mega bem escritos de alguns dos livros da série, acabei me rendendo e comprei logo todos os livros em uma das promoções da Submarino u_u. Pois é, fui meio extrema comprando todos de uma vez, mãaaas... acho que comigo não tem meio termo =_=" kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
    Enfim, agora estou na espera dos meus queridinhos <3 e acho que assim que chegar já vou começar a leitura. Vamos ver o que vou achar *u*

    Beeeeeijinhos e uma ótima semana! :*
    www.inconstantecontroversia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho de ser sincera e admitir q fico meio brochada com essa onda de meter seres mágicos em tramas q com adolescentes e q parecem a novela malhação. Pra mim simplesmente não desce... -_-
    Sem falar nessa mania de fazer livros com protagonistas adolescentes sempre, oq tem de errado com botar alguns adultos pra variar?!

    ResponderExcluir
  3. Eu amo essa serie!!! Já li todos e agora vou começar a ler a outra série que tem relação com essa!! Estou ansiosissima pelo filme!!! AMO DIMITRI!!!! Ele é TDB total!!!

    Bjssssssssssss

    ResponderExcluir
  4. seeeeeeempre escuto falar sobre esse livro mas eu nunca leio kkkkkkkkkkkkkk nao sou muito chegada a vampiros tradicionais.. so a vampiros romanticos :3 tipo o Stefan de The vampire diaries... acho q essa serie de livros nao é muito do genero terror e a resenha me atraiu muito!! achei ela bem divertida e intrigante!! adorei!! vou ler certeza!

    ResponderExcluir