Resenha: A Festa de Dirvórcio - Laura Dave


Ainda inédita no Brasil, Laura Dave estreia com o engraçado e diferente A festa de divórcio. Pelo tema abordado, o livro foi assunto de debate em vários fóruns literários, tornando-se sucesso de vendas. A autora está sendo considerada pela crítica especializada uma das possíveis sucessoras de Marian Keyes no gênero chick-lit.
A festa de divórcio conduz o leitor à vida de duas mulheres que se encontram nos extremos opostos do casamento, uma se divorciando e outra no momento de confirmação do relacionamento dos sonhos. Apesar de todas as diferenças – distância, condição financeira, idade – Gwyn e Maggie têm uma coisa em comum: ambas estão em uma encruzilhada e enfrentam as mesmas perguntas: até que ponto você deve se esforçar para ficar com a pessoa que ama? Quando é hora de desistir? O best-seller de Laura Dave apresenta um costume cada vez mais comum nos Estados Unidos: a celebração do rompimento amoroso. Talvez para os brasileiros isso seja estranho, mas para o povo do país norte-americano, este momento, quando consensual, deve ser celebrado. Isso porque os envolvidos foram corajosos pela decisão e porque agora os dois poderão ser finalmente felizes, mesmo que com outras pessoas. Laura chega à raiz das questões mais importantes e faz o leitor acreditar em todas as faces do amor, até a do divórcio.
Editora: Bertrand Brasil
Ano: 2013
Edição: 1
Páginas: 294
Avaliação: 3/5

"Quando cai, cai tudo sobre você."
Neil Young 

Quando vi esse lançamento da Bertrand fiquei doida por ele. Esta história é dramática em alguns aspectos e aborda um tema comum do cotidiano, o divórcio, bem como se chegou a esse ponto! Mas o que nos chama a atenção é fazer uma festa para celebrar o fim de um casamento, para minha pessoa isso foi algo curioso e inusitado e o engraçado é que isso realmente já vem acontecendo em alguns ciclos pelo mundo a fora!

A história tem início com Anna e Champ, um casal de 1938 que vem enfrentando problemas no casamento e estão prestes a se separar até que acontece algo inusitado, um furacão os aproxima e faz Champ repensar sua partida e reacende nele a vontade de permanecer casado com Anna, de continuar morando em sua cidade!
Uma citação interessante do livro e que gostei muito foi:

"Por que foi necessário o medo para movê-lo?
Por que é necessário que se instale o caos
para que percebamos exatamente o que precisamos fazer?"
pág.14

 

Bom.. Em festa de Divórcio conheceremos uma mulher que foi casada por trinta e cinco anos e está se divorciando e com isso pretende dar uma festa, Gwyin tem 59 anos e leva em frente sua "Festa de Divórcio" .. ela conhecerá pela primeira vez Maggie, a noiva de seu filho Nate, e a mesma participará assim como nós (leitores) da primeira Festa de Divórcio.. Quem espera uma festança de matar.. também deve se preparar para muitas questões que serão levantadas a cerca de relacionamentos e sentimentos.. Esta "Festa de Divórcio" promete e você é um convidado!

Para aqueles que estão se perguntando o que tem haver a história de Anna e Champ com o restante.. É que nessa mesma casa onde o casal viveu seus momentos bons e ruins e decidiram em meio a um furacão que devastou toda a cidade permanecer casados é a mesma que será palco para a "A festa de divórcio" de Gwyin e Thomas e a casa tem muita influência ao longo dos anos que se seguiu!

Eu gostei bastante da narrativa da autora que me cativou e me envolveu ao enredo criado.
As questões levantadas são realmente válidas e dignas do dia a dia.. Relacionamento é algo tão complexo, afinal.. duas pessoas diferentes resolvem unir suas vidas em busca de um denominador comum que nem sempre chega realmente a acontecer devido a diversas coisas como, problemas financeiros, diferenças de pensamentos, infidelidade entre outras questões!

O livro tem momentos de descontração e nos traz muitos questionamentos a cerca de nossa própria vida, de nosso próprio relacionamento! Vale a pena conferir!



4 comentários

  1. a capa me deu fome kkkk que loucura e essa?? kkk ta comemorando pq se livrou do marido O.o WTF? mas ok... fiquei curiosa para saber como as duas historias vao se misturar, e confesso q estou torcendo para q os dois nao se separem ... o livro todo se passa na festa do casamento ?? O.o

    ResponderExcluir
  2. O engraçado é q um dia desses vi uma matéria falando justamente q alguns casais q estão se divorciando no Japão estão fazendo realmente festas comemorando o divorcio! kkkkkkkk
    A arte imitando a vida. :)

    ResponderExcluir
  3. Este não me interessou.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Acho muito legal essa idéia de fazer uma festa do divorcio, afinal fazemos festa pelo casamento!!kkkkk Imagino que deve ser bem engraçado esse livro e vou acrescentar na minha lista!!

    Bjsssssssssss

    ResponderExcluir