Resenha || Branca de Neve Tem Que Morrer Bodenstein & Kirchhoff - Nele Neuhaus


Editora: Jangada
Páginas: 472
Branca de Neve Tem Que Morrer - Thriller revelação do ano na Alemanha com mais de 1 milhão de exemplares vendidos. Numa noite chuvosa de novembro, Rita Cramer é empurrada de uma passarela e cai em cima de um carro em movimento. Pia e Bodenstein, da delegacia de homicídios, têm um suspeito: Manfred Wagner. Onze anos antes, a filha de Manfred desaparecera, sem deixar pistas, e um processo baseado em provas circunstanciais condenou Tobias, filho de Rita Cramer, a dez anos de prisão. Logo após cumprir a pena, Tobias retorna à sua cidade natal e, repentinamente, outra garota desaparece. Os acontecimentos do passado parecem repetir-se de maneira funesta. Pia e Bodenstein se deparam com um muro de silêncio. As investigações transformam-se numa corrida contra o tempo, iniciando uma verdadeira caça às bruxas.

"- Oi Branca de Neve - disse ele em voz baixa.
As vezes ele sentia falta de sua risada, e ficava triste. Naturalmente,
sabia que ela estava morta. No entanto, achou mais simples agir como
se não soubesse. Nunca perdera totalmente a esperança de rever o seu sorriso."
 pág.7 e 8


Uma teia intrincada de mistérios envolvendo o assassinato de duas jovens em 6 de setembro de 1997 condena Tobias Sartorius a 10 anos de prisão e um futuro brilhante pelo ralo. 


"Com a mudança das estações, as árvores eram para ele a única referência
real do lado de fora, enquanto o restante do mundo havia desaparecido na névoa
difusa por trás dos muros da prisão. E agora, após expiar sua pena, ele, o
assassino das adolescentes condenado, estava de volta a essa névoa.
Querendo ou não."
pág.11


Após a soltura de Tobias, sua amiga de infância Nadja é a única que lhe aguarda na porta da prisão e que manteve contato com ele durante sua estadia na mesma. Ela sugere, como tantas outras vezes, que ele vá para o apartamento dela, porém Tobias insiste em retornar a Altenhain, sua cidade natal e onde os crimes ocorreram. Ao chegar lá ele encontra seu pai despedaçado pelas consequências de um filho condenado; sua mãe já não mora mais com ele, e o restaurante, antes tão bem falado e frequentado por todos, nada mais é do que ruínas de um passado que já não existe mais! Sua família pagou o preço de seus atos tanto quanto ele e Tobias sente-se completamente culpado por isso e por mais que ele não se lembre absolutamente nada sobre ter cometido os crimes do passado, tudo e todos apontam para ele e a recepção ao seu retorno não poderia ser pior, já que toda a cidade o despreza e quer ver ele bem longe dali. Com isso até mesmo seu pai que já sofreu tanto, passa a ser ainda mais desprezado quando se negam a atendê-lo em um mercadinho em frente a sua casa.
Eis que tudo fica ainda pior quando sua mãe é empurrada de uma plataforma em direção a um carro em alta velocidade e mais tarde uma outra jovem, Amelie, desaparece. Todas as suspeitas dos moradores se voltam diretamente para Tobias, enquanto a polícia, apesar de desconfiar dele, também investiga outras linhas.. Os policiais encarregados são Pia e Bodenstein.. Pia não começa a cutucar o passado e descobrir fatos suspeitos e dessa forma mentiras, conspirações e vingança são o prato principal dessa história intrigante!


"Ele sabia o que tinha feito. Afinal, explicaram-lhe centenas de vezes - primeiro
a polícia, depois seu advogado, o promotor público e a juíza. As provas eram
concludentes; havia indícios, testemunhas, sangue em seu quarto, em sua roupa,
em seu carro. No entanto, faltavam em sua lembrança duas horas inteiras.
Até hoje nada havia nela além de um buraco negro."
pág.33

Apesar do título do livro a história não se trata de nenhum conto moderno do original Branda de Neve; na verdade o título se dá devido a uma das meninas assassinadas ter sido escolhida para uma peça de teatro onde iria interpretar a Branca de Neve.
A capa e diagramação estão perfeitas e confesso que me apaixonei primeiramente por esta capa! Sim, eu sou dessas!

Quanto aos personagens, eu curti muito todos eles. Não teve nenhum que eu pudesse dizer que não gostei! Fiquei um pouco confusa durante a leitura devido ao tanto de personagens, ligações, parentescos.. Mas nada que marca textos não resolvessem e um caderno de anotações. ahaha 

Um dos personagens que eu mais gostei foi Thies; impressionante a forma como a autora o descreveu e o introduziu em cada trama que ia se desenrolando.. Ele é autista e peça importante na trama! 
Amelie é uma típica mocinha destemida; após aprontar em sua antiga cidade, sua mãe a envia para viver com seu pai, madrasta e irmãos e ela é uma peça peculiar na cidade, já que é cheia de metais por todo o corpo e se veste de forma macabra, porém por debaixo dessa armadura existe uma jovem linda, que com seus dezessete anos lembra muito uma das meninas assassinadas; a Branda de Neve, despertando assim interesse de Thies e de tantos outros, devido a sua curiosidade insaciável pelo passado de Altenhain. 

Bom.. vou parar por aqui, do contrário ficarei escrevendo eternamente, já que tenho muitas coisas as quais gostaria de discutir. Mas deixa para uma outra ocasião!
Eu recomendo Branca de Neve Tem Que Morrer da Editora Jangada e já estou com uma das sequências em mãos para compartilhar com vocês em breve!

Este é o volume quatro de uma série, e o primeiro lançado aqui. Os livros podem ser lidos em qualquer ordem, pois cada livro trata-se de um crime diferente.. O que permanece são os detetives criminais Pia e Bodenstein. O lançamento recente da série no Brasil é o Lobo Mau - livro 06 que já estou conferindo!








10 comentários

  1. Geeeeente! Que resenha incrível.
    Não conhecia nada sobre esse livro... só tinha ouvido falar sobre Lobo mau.
    Fiquei bem curiosa e essa capa é maravilhosa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. O livro logo me chamou a atenção numa livraria por causa da capa, aí li a sinopse e achei bem interessante!
    Que bom que ele não decepcionou!

    ResponderExcluir
  3. eu li esse livro, ate´que eu gostei,historia envolvente, o livros conseguiu prender minha atençao, pelo titulo pensei que seria algo relacionado com a historia de branca de neve mas me enganei.

    ResponderExcluir
  4. OMG, que ótima resenha, não conhecia este livro e me apaixonei. Titulo maravilhoso, capa super original. Nota 10, amei muito de verdade,.

    ResponderExcluir
  5. Oi! Livros de suspense e investigação me deixam empolgada com a leitura. A capa também está bonita, acho que passa exatamente a tensão do livro. Sinto que não foi Tobias que matou essas mulheres, talvez seja alguém que nem esteja em evidência no livro. Surtei quando vi que tinha uma personagem com o meu nome, nunca tinha visto! Só espero que ela não seja culpada. rsrs

    ResponderExcluir
  6. Oi Karini,
    Já estava toda empolgada pensando que seria uma releitura maravilhosa, mas vejo que não, amo investigação e suspense, entretanto, livros fora de ordem me irritam (mesmo quando são independentes), por isso não pretendo lê-lo agora.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  7. Karini!
    Pelo menos uma série em que se pode ler os livros de forma independente...tem sido tantos que nem dá para acompanhar todas.
    Pelo que entendi a trama é bem desenvolvida com toda uma rede de intrigas e acabou levando Tobias a culpa de tudo.
    Gosto de livros misteriosos e cheios de tramóias.
    Domingo de tranquilidade e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nossa, fiquei interessada de imediato no livro por causa do titulo do mesmo e depois de ler a sinopse fiquei ainda mais curiosa. Esse livro parece ser fantastico!

    ResponderExcluir
  9. Não acho legal lançar fora de ordem mesmo que de para ser lido assim :/
    A história parece ser muito boa, mas eu ficaria incomodada com esssa coisa da ordem rs

    ResponderExcluir
  10. Não sabia que esse era o primeiro volume. Já conheço Lobo Mau, mas pelo visto, terei que ler este primeiro kkk

    ResponderExcluir