Editora: Faro Editorial
Páginas: 256
Ano: 2016
* Recebido de parceria com a editora
Lucas e Bernardo são dois garotos, melhores amigos um do outro de toda a vida. De repente, recebem a notícia de que Bernardo irá se mudar com a família para outro país. Nesse momento, cada um a seu modo, percebe como valiosa era aquela amizade, algo que não queriam perder. Bernardo reage mal e se revolta. Lucas tenta transformar cada dia que resta com o amigo na melhor experiência de suas vidas. Ele escreve uma lista de coisas para fazer e pretende cumprir uma por uma, em todos os detalhes. Mas, a cada dia, o fantasma da separação os assombra com um cronômetro lembrando que o tempo se esgota e, ainda assim, os dois passam por grandes momentos juntos. Então os meninos percebem que há algo mais entre eles... um sentimento profundo, que não conseguem explicar e tornam todas aquelas experiências ainda mais intensas. Mas o que fazer com tudo isso quando se tem apenas 16 anos?
Essa história fala sobre amor, amizade e nos traz uma visão maravilhosa destes sentimentos que faz refletir, sentir junto aos personagens e acreditar!

Em A matemática do amor conhecemos dois amigos de infância Lucas e Bernardo, eles são vizinhos, seus pais amigos desde sempre; então é como dizia a música "nossos destinos foram traçados na maternidade". Pois Bernardo e Lucas se tornaram grandes amigos e cúmplices em tudo que a vida vai ofertando desde o nascimento ao nosso crescimento. 

Tudo parecia perfeito, até que uma notícia chega e muda as coisas Bernardo está de partida para Portugal. Sua partida está planejada para as férias e ele sente-se desolado com a situação, mas o que fazer? A decisão esta tomada e sua vida mudará para sempre com isso, principalmente sua amizade com Lucas, afinal não serão mais vizinhos.

Apesar da reação de Bernardo; Lucas quer que as "últimas férias" sejam memoráveis e especiais. Qual o motivo de remoer algo que não tem alternativa? Os meninos tem uma história de vida juntos desde a infância e tudo mudará. Mas não adianta apenas se lamentar, eles precisam aproveitar cada momento como se fosse o último e é isso que fazem! Nesse processo eles se dão conta do quanto realmente estão ligados por sentimentos além da amizade e isso os torna mais cientes de que na vida não escolhemos quem amar, como amar e quando amar.. As coisas simplesmente acontecem e quando nos damos conta já foi.

Óbvio que não é tão simples assim amar com liberdade. Existem os preconceitos, as dúvidas de aceitabilidade entre outros.
Não é fácil sequer aceitar a si mesmo, imagina como será isso para o mundo ou mesmo em uma cidade pequena onde moram?

Matemática do amor é dessas história encantadoras que te sugam para dentro de um mar de sentimentos, te fazendo crer no amor e nas possibilidades, acima de tudo acredito que esse tipo de história ajuda nós leitores a refletirmos, nas várias formas de amor, gênero e sexualidade. 

A leitura apesar dos dramas, é fluída e muito gostosa. Amei passar horas me dedicando a essa história linda!

7 Comentários

  1. Oiiiii....
    Nunca li um livro com temática LGBT mas gostei muito desse...acho que o que mais gostei foi que eles não se conheceram e logo se apaixonaram...não...eles são amigos desde sempre e vão descobrindo aos poucos que estão apaixonados....acho que irei ficar na bad com esse livro mas vc disse que a leitura é bem gostosa então com certeza irei ler...adorei a resenha...
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oiiiii....
    Nunca li um livro com temática LGBT mas gostei muito desse...acho que o que mais gostei foi que eles não se conheceram e logo se apaixonaram...não...eles são amigos desde sempre e vão descobrindo aos poucos que estão apaixonados....acho que irei ficar na bad com esse livro mas vc disse que a leitura é bem gostosa então com certeza irei ler...adorei a resenha...
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Adoro livros que os personagens se conhecem desde sempre... adoro testemunhar a evoluçao, as descobertas deles... adorei a resenha ! bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Karini!
    Achei tão lindo o autor trabalhar primeiro a amizade deles, e depois o amor com a separação dos dois. De fato, deve ter sido difícil de construiu essa história, com todos os preconceitos que conhecemos, que bom que o autor soube das um desfecho bom, espero (como romântica incurável) que os dois de alguma forma consigam manter esse amor!
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  5. Oi Karini
    Eu estou interessada nesse livro desde o lançamento. Eu gosto tanto de livros onde tem o romance e também essa amizade. E amei saber que esse livro é assim. E ele parece ser bem encatador mesmo. Quero muito ler ele *-*
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  6. Esse livro parece ser muito bom, eu já ouvi falar muito bem dele. Essa história parece ser fofa, e eu adoro livros que mostram a amizade assim. Gostei muito de saber que a narrativa é fruída e gostosa. Gostei muito da resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Já li livros que contém histórias assim é sempre me encantaram, nunca tive problemas com livros desse gêneros e dessa maneira, já que o amor é único em todas as formas. A história é muito fofa e interessante. Já me deixou bem curiosa para ler.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir