Resenha: Esqueça o Amanhã - Esqueça o Amanhã #1 - Pintip Dunn


Editora: Galera Record
Série: Esqueça o Amanhã #1
Páginas: 384
Ano: 2017
Gênero: Distopia / Ficção / Ficção científica / Jovem adulto / Literatura Estrangeira
Onde Comprar: Amazon

*Acervo Pessoal

Sinopse: Em uma sociedade onde jovens recebem uma visão de seu futuro quando completam 17 anos, todos têm uma carreira a qual dedicar seus esforços. Um campeão de natação, um renomado cientista, um chef de sucesso... ou, no caso de Callie, uma assassina. Em sua visão, a garota se vê matando a própria irmã. Antes que ela possa entender o que aconteceu, Callie é presa – e a única pessoa capaz de ajudá-la é Logan, uma paixonite de infância com quem não fala há cinco anos. Agora, Callie precisa descobrir uma forma de proteger sua irmã da pior das ameaças: ela mesma.



Olá! Esse livro terminei a leitura ano passado, mas só agora vim resenhar; Esqueça o Amanhã é o primeiro volume da série com mesmo título e nos conta a história de um futuro distópico onde a tecnologia mais uma vez é a base de muitas coisas que podem ser boas ou ruins dependendo da maneira como ela será usada.. Se para melhorias ou para controle (o que sempre acaba ocorrendo em livros assim).

Bom, nesse livro temos jovens que ao completarem dezessete anos recebem uma visão sobre seus futuros e possíveis carreiras a seguir. Uma sociedade onde se é tirado o proveito máximo de cada indivíduo de acordo com suas habilidades e afins. Essa visão deveria ser algo simples e determinante, tornando assim fácil escolher ou talvez não precisando escolher, já que a visão já "pré determina" quem aquele indivíduo é e o que se tornará em um futuro próximo; mas as coisas não são bem assim e é Callie que nos mostra isso, ela está prestes a ter sua visão e claro que isso causa certa ansiedade, como não causar? Callie ama culinária, no mundo em que ela vive as comidas são processadas e poucos tem habilidades para cozinhar como antigamente e Callie tem um grande talento; mas uma das coisas intrigantes ou questionáveis para alguns nessa sociedade é que essa visão diz quem você será e com base nisso, é como se tudo já estivesse resolvido, sem surpresas ou novas situações.. Sem o quesito fazer coisas novas e etc.. Você será o que a visão determina e é simples assim.

Quando Callie vai de encontro ao seu futuro algo bem pior do que se poderia imaginar acontece.. Ela não recebe uma visão com uma profissão completamente diferente, ela recebe uma visão assustadora sobre a morte de sua irmã e se esse futuro é "marcado em pedra" o que pode ser feito? Nada?!
A morte de sua irmã se dá devido as suas habilidades especiais.. Algumas pessoas na sociedade tem "poderes paranormais" e isso não é de forma nenhuma bem visto por aqueles que controlam a sociedade, quando isso ocorre esse indivíduo é levado e tirado de circulação.. Concluindo com essa visão do futuro Callie tem que ser presa já que todas as visões se tornam realidade.. E ela cometerá um crime.. Ao ser presa fica entre outras jovens que tiveram seus futuros arruinados pela visão sem terem qualquer chance de tentar mudar isso.. E ali, aparentemente sem perspectiva, mesmo tentando se livrar dessa condenação absurda ela tem ajuda de Logan um rapaz que ela já conhecia, ele vai em uma missão de resgate e ela vai parar em um acampamento com outros jovens que tiveram visões estranhas ou não aceitaram seus destinos cada qual com seus motivos.. São como uma resistência ao governo. 

Nem tudo é o que parece ou parecia ser.. Nem mesmo a resistência.. Callie terá que ser forte para lidar com tudo que está por vir e principalmente não se tornar a criminosa que sua visão mostrou, assim como manter sua irmã segura de alguma forma!

O livro tem um tema que adoro, e um conjunto bacana.. Gostei bastante do enredo e estou curiosa para saber o que vem a seguir. Alguns pontos achei descritivos demais, mas talvez tenha sido impressão por se tratar de todo um enredo pré moldado distópico que a autora precisa nos introduzir. 

Espero que no próximo volume a autora possa fechar algumas lacunas em aberto e tornar a história ainda mais empolgante.


8 comentários

  1. Me interessei pelo livro! tem como baixar ele em epub?

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto muito de temas que fogem do padrão, fiquei empolgada, mas acabei me desanimando um pouco...

    ResponderExcluir
  3. Eu adorei a premissa do livro gosto de livros assim como mistério a ser desenvolvido durante o livro mas depois que li sua resenha Envie sua opinião acho que eu não tenho pressa entender esse livro odeio quando isso acontece quando o livro tem tudo para ser bom mas acaba sendo ruim

    ResponderExcluir
  4. Oi Karini!
    Faz algum tempo que não leio distopias e me interessei pelo livro. Segue aquele clichê né? Uma sociedade perfeita até que determinada pessoa se revela... Não que o clichê me incomode, pelo contrário, gostei bastante do enredo, me lembra um pouco "O doador de memórias". Pretendo ler o livro, não sabia que se tratava de uma série, é ainda melhor, assim a autora consegue trabalhar melhor com a história.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Adoro livros de distopia e, sempre quando vejo uma, já corro para ler! Não conhecia a série e já estou curiosa para conhecer mais sobre esse mundo de Esqueça o Amanhã! O que não gosto muito é de partes descritivas em livros, acho meio cansativo, porém se tiver a oportunidade, lerei!

    ResponderExcluir
  6. Acredito que por ser o primeiro livro algumas lacunas tinha que ser abertas, para que os outros livros tenham conteúdo, e que pelo que vejo serão melhor explicitados nas continuações.Gostei muito dessa premissa distópica, e também curiosa para saber qual será o desenvolvimento desta trama, e o desfecho. Este livro já esta na minha lista de desejados.

    Venha participar do sorteio de um kit da caixinha da TAG Livros http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. O livro parece ser interessante e fiquei curiosa sobre como a Callie vai agir diante de certas situações. O livro parece trazer aventuras, questionamentos, tudo o que uma distopia geralmente tem. Eu gosto de distopia, mas quase não leio. Não sei quando esse livro foi lançado, mas ainda não vi nada falando do segundo livro. Tomara que a editora publique porque imagino que vários leitores ficaram querendo essa continuação para saber mais assim como você.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu já vi e li resenhas sobre esse livro, a trama é bem envolvente e interessante. Uma historia elaborada e me deixou muito curiosa, já faz parte da minha lista de leitura.

    Tempos Literários

    ResponderExcluir