Resenha: A Era dos Mortos Parte 1 - As Crônicas dos Mortos #5 - Rodrigo de Oliveira

Editora: Faro Editorial 
Páginas: 208
Ano: 2018
*Recebido de Parceria
Vários anos se passaram desde que Uriel, agindo como um tirano, assumiu o controle da maior colônia de sobreviventes do apocalipse zumbi na Terra. Ivan, Estela e quase todos os seus aliados estão mortos. Do grupo original, apenas Isabel, Mariana e alguns poucos conseguiram escapar de Ilhabela. E a cada dia, a fome de poder de Uriel e de seu filho, Otávio, aumenta, tornando a vida dos sobreviventes ainda mais penosa. O trabalho escravo se torna a regra. A cobrança de mais e mais tributos e a imprevisibilidade do poder central mantêm todos em constante alerta. Otávio, que passou anos realizando pesquisas médicas, finalmente consegue um meio de controlar os bersekers, os zumbis monstruosos, transformando-os em cães de caça. É a sua forma de assegurar a permanência no comando da comunidade, mas também de destruir, pelo medo, qualquer intenção de resistência. Então, ele produz algo ainda pior, uma criatura feroz e diabólica com o poder de destruição em massa.Há muito em jogo. O governo central ainda considera Isabel uma grande ameaça, seja viva, ou morta-viva, o que poderia transformá-la numa nova Senhora dos Mortos. Mas, duas crianças chamam a atenção de Isabel que decide prepará-las para batalhas ainda mais sangrentas. Serão elas a esperança para o fim daquela era de medo e destruição? A derradeira batalha está para começar, mas os inimigos, humanos e zumbis, também têm suas surpresas. Sejam bem-vindos a uma nova era de horror e violência. Esta é... a Era dos Mortos.
CONTÊM SPOILERS DO LIVRO ANTERIOR

"A Era dos Mortos" é o quinto livro da série e traz realmente uma Era nova, pois praticamente todos os personagens que conhecemos nos primeiros livros já não estão mais vivos. Isabel, a última sobrevivente, já é uma octogenária que está sendo caçada incansavelmente pelos novos líderes de Ilhabela. Afinal, todos temem que ela se torne tão poderosa quanto sua irmã e ninguém quer lidar com um inimigo desse nível.

Como Isabel previu, o reinado de Uriel seria terrível, mas o de Otávio seria muito pior. Otávio é um homem doente, que acredita piamente em realizar experimentos em criaturas como forma de "proteger" os seres humanos. Mas entendam: proteger aqueles que o obedecem e que estão cumprindo o que ele deseja. Isso mesmo. O país é liderado por um tirano louco que irá lançar mão de qualquer coisa para seus desejos realizados.

Quando Sarah nasceu, Isabel previu que ela teria um papel determinante na batalha para salvar os seres humanos. Isabel também previu que um jovem do sexo masculino também nasceria e seria o par de Sarah nessa empreitada perigosa. Desde pequenos, Sarah e Fernando demonstraram habilidades naturais que normalmente observa-se em soldados treinados.

Tendo em vista que o cerco está apertando e que se ninguém deter Otávio o mundo como conhecemos estará perdido de uma vez. Então Sílvio e Nívea tornam-se guardiões das duas crianças e começam a treiná-los com apenas oito anos de idade.

Com uma grande reviravolta, "A Era dos Mortos" traz uma nova etapa desse mundo apocalíptico. Décadas se passaram desde que os zumbis apareceram e a humanidade está perdendo cada vez mais seus traços de humanidade. Algo precisa ser feito antes que seja tarde demais...
"Enfim aquelas duas crianças tão parecidas, que tinham muito mais em comum do que jamais seriam capazes de sonhar, conseguiram se perdoar mutuamente." (p. 180)

Um comentário