Resenha: Um Reino de Sonhos - Dinastia Westmoreland #1 - Judith McNaught

Editora: Bertrand Brasil
Série: Dinastia Westmoreland #1
Páginas: 378
Ano: 2018
Gênero: Ficção / Literatura Estrangeira / Romance
Onde Comprar:  Amazon

*Recebido em parceria com a Editora

Sinopse: Royce Westmoreland, o “Lobo Negro”, é enviado pelo rei da Inglaterra para invadir a Escócia. Quando seu irmão, Stefan, sequestra Jennifer e Brenna Merrick, filhas de um lorde escocês, do convento onde vivem, as vidas de Royce e Jennifer se entrelaçam. Ele, um poderoso guerreiro que já ganhou muitas batalhas, não vê a hora de encontrar uma mulher que o amará pelo homem que é, não pelo medo inspirado por sua lenda. Ela, uma jovem rebelde em busca do amor e da aceitação de seu clã, mesmo na condição de prisioneira, não se deixa abalar pela fama de seu arrogante captor.
Conforme os conflitos entre os dois se tornam mais frequentes, a urgência de se entregarem um ao outro só aumenta. Certa noite, quando ele a toma apaixonadamente nos braços, desperta nela um desejo irresistível. Mas, se Jennifer seguir seu coração, perderá tudo aquilo pelo que vem lutando e jurou honrar.


Recebemos esse livro em parceria com o Grupo Editorial Record, mas de surpresa. Não havíamos solicitado esse, mas assim que chegou e vimos a sinopse e a capa maravilhosa, bateu a curiosidade. Sem contar que se trata de uma autora já muito conhecida, apesar de ser meu primeiro contato com ela.

Este é o primeiro volume da série Dinastia Westmoreland. Esse não é o tipo de leitura de minha primeira escolha, mas como eu disse, fiquei muito curiosa e tive uma grata surpresa ao me deparar com algo que eu sequer imaginava que conquistaria meu coração desde as primeiras páginas!

A ambientação da história é incrível e fácil de imaginar todo o cenário que possui personagens bem construídos, apesar de a história ser daquelas que chamamos de clichê, não deixa de ter seus encantos que vem desde a escrita da autora, à cenas que são descontraídas e em outros momentos recheadas de sentimentos  e tensão que transbordam às páginas.

A história é ambientada no século XV onde iremos conhecer Royce e Jennifer, personagens tão diferentes e desses que jamais imaginamos que teriam qualquer tipo de envolvimento. Royce Westmoreland é "o Lobo Negro" e também duque de Claymore, um guerreiro temido e com uma reputação que dá arrepios. Ele é enviado pelo rei da Inglaterra para invadir a Escócia, e seu irmão acaba sequestrando duas jovens que moravam em uma abadia a algum tempo; apesar da reputação que o Lobo Negro trás consigo e de ser uma espécie de mito, ainda assim não intimida Jenni o suficiente para que ela não pense em formas de escapar de suas garras. Jenni não é a típica mocinha que se faz de coitada e super mimada, ela é obstinada, engenhosa e corajosa! Royce é um homem que chama atenção em muitos sentidos e óbvio que em dado momento ele e Jenni estariam envolvidos. Afinal ele não é exatamente o que ela esperava que fosse com toda a reputação que o precede! Mas ela é uma Merrick e seu sequestro foi para que pudesse ser usada como moeda de troca em meio a guerra que se estende e nada mais. Porém o destino sempre tem outras intenções!

Jenni e sua irmã Brenna, conhecida por sua beleza em todo o reino escocês, inventam inúmeras maneiras possíveis e impossíveis de escapar para que possam avisar ao pai que uma guerra está a caminho! 
Jenni, em dado momento, tenta escapar levando o cavalo do Lobo Negro, o que o deixa puto da vida, mas ao mesmo tempo impressionado, já que ela se encontra em meio à diversos soldados treinados e ainda assim conseguiu tal proeza. Isso de certa forma fascina o Lobo Negro. Elas continuarão tentando e tentando se livrar desse asqueroso inglês. Muitas situações aconteceram que irão tanto afastar, quanto unir esses dois e cenas até mesmo engraçadas.. Outras nem tanto.

O que esperar de duas pessoas que são destinadas a ser inimigos naturais e mesmo assim acabam com seus destinos ligados e em dado momento se pegam apaixonados um pelo outro?Apesar de ter muitos momentos em que eles se odiaram também. Seria possível uma união entre Inglaterra e Escócia através de Jenni e Royce? A paixão que eles vivem é intensa, peculiar e fora dos padrões e falo isso, pois o período em que a história se passa, mulheres decentes tinham uma reputação a zelar e Jenni abre mão disso em dado momento por necessidade. E a primeira vez que ambos tem algo mais íntimo não é exatamente consensual, apesar de ser da maneira mais delicada possível.. Seria possível mesmo se apaixonar por alguém que deveria odiar? 

Bom.. Não vou estender os detalhes da história na resenha, para que não perca a graça quando vocês forem ler. Mas posso dizer com total certeza que essa história é uma daquelas que apesar de não concordarmos com todos as situações que levaram os protagonistas a estarem juntos o amor vence, e nos pegamos torcendo por eles. A história, como eu disse antes, apesar de ter seus clichês, ainda assim consegue encantar e prender o leitor. 

Recomendo e fiquei muito feliz com a leitura!
Beijos, Danni.


13 comentários

  1. O inesperado rege a vida. Século XV é o século onde William Shakespeare ambientalizou grandes histórias. Me pareceu um livro um pouco "açucarado" demais... Mas tem algo de interessante, apesar da falta de novidade. Romeu e Julieta é quase o mesmo mote, por exemplo. Embora todas as histórias se repitam creio que tenha faltado ao autor um pouco de originalidade no mote. Adoro seu blog!

    ResponderExcluir
  2. O enredo parece muito bom, mesmo com seus clichês, principalmente por ser ambientado no século XV. O que me deixa indecisa para acompanhar essa trama é o fato do livro pertencer a uma série.

    Bjs,
    https://contosdacabana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá Danni, este não é exatamente o gênero de livros que costumo comprar, mas se chegasse para mim de surpresa também e com tua ótima resenha, com certeza eu iria correndo ler.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não sou fã de romances, mas gostei muito da ambientação da história; deu-me uma impressão de ter um quê a mais na trama além do romance que me atraiu, não explicar direito. Vou dar uma chance.
    Acho muito legal quando um livro que não damos nada nos surpreende positivamente!

    Beijos,
    www.degradeinvisivel.com.br

    ResponderExcluir
  5. Não li nada dessa autora, mas quero muito, pois já ouvi muita gente elogiando bastante sua escrita.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  6. Oie, vi um pessoal recebendo esse pacote e só consigo pensar nas minhas solicitações que ainda nao chegaram hahaha esse também não é um gênero que me vejo confortavel lendo, mas essa história em especial me chama a atenção, e essa capa é linda, né?

    ResponderExcluir
  7. Eu ainda não conhecia o livro, mas já fiquei muito curiosa com ele. Parece ser uma leitura que me encantaria e espero poder ler em breve. Eu achei a capa linda.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Gosto bastante do estilo da narrativa. Acredito que vou gostar bastante da leitura... A capa é maravilhosa!

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Eu recebi esse livro recentemente e estou ansiosa para começar a ler. Fiquei feliz de saber que, apesar dos clichês da trama, consegue encantar o leitor e envolvê-lo na leitura. Além disso, achei legal o fato de que, mesmo não concordando com todas as situações, você ainda torceu pelo casal.
    Espero poder ler este livro em breve e também gostar da leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá, ainda não conhecia esse livro, ótima a sua resenha, acho que eu leria mesmo não sendo muito fã desse negócio de conflito entre ingleses e escoceses.

    ResponderExcluir
  11. olá... bacana a editora enviar de surpresa, se for de um gênero que a pessoa gosta, a leitura flui ainda melhor...eu particularmente não aprecio romance de época, mas fico feliz que vc tenha curtido a história...
    legal a ambientação na Escócia...

    bjs...

    ResponderExcluir
  12. Ola
    Adorei a resenha é bem meu tipo de livro. Adoro romances de época e seus clichês amorzinho. Lembrei um pouco de Outlander no quesito de ter um casal Inglaterra e Escócia, apesar de todo o restante ser diferente. Adorei a sugestão e anotei.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi.
    Não conhecia o livro, achei a capa bonita, a premissa interessante, mas não é um livro que eu toparia ler por agora, sua resenha até me deixou curiosa, mas acho que vou deixar para depois kkkkkk. Adorei saber que os personagens são bem construídos, pois sou daquelas que me apego muito a personagens e se eles são top, pronto a história pode ser mais ou menos que nem ligo tanto kkkkk.

    ResponderExcluir