Editora: Arqueiro
Trilogia: Mar Despedaçado #3
Páginas: 368
Ano: 2018
Sinopse: Apenas meia guerra é travada com espadas.

A outra metade é travada com palavras.

A princesa Skara vê todos os que ama morrerem na sua frente e o seu palácio ser consumido pelas chamas. Tudo o que lhe resta são palavras... Mas palavras podem ser tão letais quanto armas. Disposta a se vingar, ela enfrenta seus medos e aguça a inteligência, indo atrás de pai Yarvi.

O ministro de Gettland já percorreu um longo caminho desde a escravidão, fazendo aliados entre antigos rivais e estabelecendo uma paz instável. Porém, agora, a cruel avó Wexen arregimenta o maior exército desde que os elfos guerrearam contra a Divindade Única e põe Yilling, o Brilhante, como seu comandante – um homem que venera apenas a Morte.

Skara pode ser a peça que faltava para forjar de vez a aliança entre Gettland e Vansterland, alicerçada na fortaleza de seus antepassados, pronta a enfrentar a fúria do Rei Supremo. Nessa guerra, ela contará com o apoio de uma ministra inexperiente, mas leal, e de um matador imprudente que espera superar fantasmas de antigos conflitos sangrentos.

Neste último episódio da série Mar Despedaçado, finalista do British Fantasy Awards, Skara e Yarvi lideram a grande e aguardada batalha rumo a um desfecho inimaginável.


Olá leitores, como estão? 

Hoje vim falar da trilogia Mar Despedaçado, ou melhor, vim contar minha experiência na leitura do terceiro volume. Alguém aí já leu os outros?
Meia Guerra é o último volume da trilogia, então quem não leu, saiba que a resenha pode conter spoiler dos outros livros.
A resenha do Primeiro Volume pode ser lida CLICANDO AQUI!
A resenha do Segundo Volume pode ser lida CLICANDO AQUI!

No primeiro volume da trilogia cujo título é Meio Rei - temos Yarvi, filho do rei Uthrik e da rainha Laithlin. Yarvi é muito inteligente, porém possui uma deficiência física que lhe rende preconceitos incontáveis por parte dos outros já que um grande guerreiro precisa ser completamente capaz e perfeito para encarar suas batalhas. Ele estava destinado a ser Ministro, mas quando seu pai e irmão são mortos ele precisa assumir o trono e se tornar Rei. Yarvi é um personagem palpável, cheio de falhas e imperfeições e somando isso a intrigas, política e traições têm uma trama cheia de sofrimentos e provações. 
No segundo volume, Meio Mundo, a trama se tornou ainda melhor com Thorn, uma jovem mulher de dezesseis anos que almeja se tornar guerreira em um ambiente dominado por homens e preconceitos de gênero. Thorn quer vingar seu pai, morto em batalha e junto com Brand treinam para treinam para se tornar guerreiros do Rei, mas um acidente acontece e tudo muda. Thorn é o rosto do feminismo e força e vemos seu crescimento pouco a pouco e lado a lado com Yarvi o personagem "Meio Rei" do volume anterior; um traz a força e coragem, enquanto o outro usa sua inteligência como arma e essa união traz uma leitura emocionante.
Todos os personagens, já velhos conhecidos, estarão neste volume; porém Skara será uma das personagens em destaque; ela é uma jovem princesa que vê de perto a crueldade do Rei Supremo e se alia a Yarvi para tentar encontrar justiça e reconstruir seu reino destroçado. Mas quem conheceu Yarvi do passado, não o reconhece agora, já que ele está objetivo em saciar sua sede de vingança e com isso pratica atos inimagináveis!
Ninguém aguenta mais o Rei Supremo e sua ministra Avó Wexen; são muitos anos de absurdas e incontáveis perdas; as pessoas não vão mais se calar ou ajoelhar diante tanta opressão, intolerância e jogos de poder que custa a vida e com isso a guerra como nunca vista antes está prestes a começar e para isso é necessário à união do rei Grom-gil-Gorm e o rei Uthil, junto da princesa Skara, algo que antes seria impossível, mas agora muito necessário para depor o Rei Supremo e seu exército numeroso e assustador. Óbvio que essa parceria não seria tão fácil e tranquila, afinal são anos de conflitos e para que a aliança possa funcionar todos terão que deixar suas diferenças de lado; um inimigo em comum será capaz de unir esses três e seus exércitos?! Será necessário mais que vontade e força para vencer essa batalha, então eles buscam as armas élficas e magias antigas para fortalecer seu exército; o caminho será árduo e cruel e mudará suas vidas para sempre!
A história é recheada de muita adrenalina, personagens fortes e bem delineados e conta com uma ambientação incrível. As cenas de batalha tem muito sangue e baixas inesperadas e tudo se torna caos. Esperem por um desfecho sem rodeios e que não polpa vidas e finais inesperados. Joe Abercrombie conseguiu me deixar angustiada e sem fôlego com momentos de puro horror pela morte de alguns personagens; não há um "roteiro" pré-determinado para o final, ele simplesmente chega e "derruba" qualquer teoria que tenhamos criado. Uma dica: Não se apegue muito aos personagens!!


15 Comentários

  1. Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia este livro ainda mas ainda bem que gostaste de fazer a leitura! :) Fiquei curioso...

    Enfim, estou muito curioso para ler a trilogia, que bom que os personagens são assim tao fortes!! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Caramba! Esse não costuma ser muito o estilo de livro que leio, mas não posso negar que fiquei bem curiosa quanto a ele e com vontade de conferir essa obra, pois fiquei empolgada lendo sua resenha. Como meu namorado costuma ler esse tipo de livro, acho que vou anotar a dica como um presente benéfico... um que eu lerei também! hahaha

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Oi Karini, como eu não conhecia esta trilogia e para não pegar spoiler, fui ler a resenha do primeiro livro. Apesar de ser da editora Arqueiro, eu não conhecia. Gostei bastante do fato do príncipe não ser aquele modelo perfeito que estamos acostumados e de ir evoluindo no decorrer da estória. Nunca li nada medieval, então vou acrescentar na minha lista como gêneros que ainda não conheço. Principalmente porque gosto de livros com ação e até violência.
    Parabéns por tua resenha.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá Karini, tudo bem? Ultimamente estou lendo apenas livros únicos, essas trilogias me deixaram muito irritado ano passado, com continuações fracas e muitas falhas no enredo. Bom, apesar disso eu fiquei muito interessada no livro, as suas dicas são muito boas e só o fato de se passar em outra época já me deixa mais animada para ler.

    Beijos e abraços
    http://vickyalmeida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oii
    Aii Jesus preciso logo desse livro de primeiro não tinha me conquistado fiquei meio com pe atrás mais estou realmente pensando em ler essa história fiquei bem curiosa com a trama e os personagens obrigado por trazer essa incrível resenha.

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oiii karini

    Tenho uma amiga que é fascinada por qualquer livro que escreva o Abercrombie e ela vive me recomendando as obras dele, já ouvi tantos elogios que ja me soa até familiar o nome dele sempre que escuto. Tenho vontade de conferir essa trilogia, das obras dele aliás é a que mais me interessa.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia trilogia, mas fiquei com vontade. Amo o gênero e cenas de ação / batalha(ainda mais sangrentas) nas histórias. Fiquei super curiosa *_*

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Eu tenho muita vontade de ler essa trilogia, então, te agradeço o aviso no começo da resenha. Pulei algumas partes para não pegar spoilers do primeiro livro.
    Pelo que eu percebi, esse é um livro muito intenso, com bastante ação e reviravoltas. Achei interessante o final derrubar as teorias que tinha criado, mas fiquei preocupada com o seu recado em relação aos personagens hahaha. Eu sempre me apego muito, então, já sei que posso me preparar para sofrer com esse livro.
    De qualquer forma, amei a dica e espero poder ler essa trilogia em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Ah, que medo de ler o desfecho depois da sua resenha. Seu aviso veio tarde demais pra mim, já li os dois primeiros livros e me apeguei a alguns personagens e vai ser difícil demais se eles morrerem nesse livro. Tenho a impressão que vou enrolar o quanto conseguir pra ler só pra não ter que passar por isso.

    ResponderExcluir
  10. Olá Karini, eu quero muito ler essa trilogia, adorei saber que o autor não fez um final previsível e que consegue chocar o leitor *-* Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  11. Eu gosto muito de temas assim, inspirados em guerras lutas e onde focam na força da mulher e resistência isso me lembra os jogos que eu jogo <3

    https://katiellycorreiamakeup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Karini, não comecei a trilogia ainda mas tenho interesse. Gostei de saber que ela finaliza bem com muitas surpresas e vou deixar anotado que não é para ficar apegada com nenhum personagem.
    Bjos Rose

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    Por conter spoilers, eu não tive como ler a resenha completa. Mas, estou bem feliz que a arqueiro não desistiu dessa série ainda, tenho muita vontade em conhecê-la e estou esperando ela ser finalizada para começar.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá Karini,
    Não conhecia essa série e confesso que não fiquei muito interessada em fazer essa leitura, apesar de gostar do gênero e ter encontrado pontos positivos em sua resenha. Eu morri de medo com essa dica que você deu em relação aos personagens e acho que os fãs vão ficar com o coração na mão rs
    Beijos,
    https://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi Karini, como está?
    Eu tinha, pelo menos até o meu celular resolver dar um piti que eu até hoje estou tentando entender, a trilogia completa e queria poder ter de novo e poder ler, pois adoro uma boa fantasia e com certeza a premissa dessa série é ótima!
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://www.galaxiadeideias.com/
    http://osvampirosportenhos.blogspot.com

    ResponderExcluir