Editora: Arqueiro
Série: Lendas da DC #1
Páginas: 400
Ano: 2017

Sinopse: Antes de se tornar a Mulher-Maravilha, ela era apenas Diana.

Filha da deusa Hipólita, Diana deseja apenas se provar entre suas irmãs guerreiras. Mas quando a oportunidade finalmente chega, ela joga fora sua chance de glória ao quebrar uma lei das amazonas e salvar Alia Keralis, uma simples mortal.

No entanto, Alia está longe de ser uma garota comum. Ela é uma semente da guerra, descendente da infame Helena de Troia, destinada a trazer uma era de derramamento de sangue e miséria. Agora cabe a Diana salvar todos e dar seu primeiro passo como a maior heroína que o mundo já conheceu.


“Mulher Maravilha” é o primeiro livro da série Lendas da DC e conta a história de Diana, filha de Hipólita e sua vida na Ilha das Amazonas. Diana está com aproximadamente 18 anos de idade e sabe que sua origem é diferente das demais Amazonas. Ela escuta os burburinhos diariamente e lida com o fato de que nem todas as mulheres da ilha a aceitam. Por conta disso, Diana tenta provar a todos que é uma Amazona também, através dos torneios ou de ações diárias. Em meio a uma competição, Diana ouve um grito aterrorizante vindo da costa e observa que um barco explodiu e que um de seus tripulantes está quase se afogando. É uma jovem humana e Diana decide quebrar a lei e resgatar a humana.
    "Suas irmãs eram guerreiras experientes, forjadas a ferro pelo sofrimento e talhadas à perfeição ao passar da vida à imortalidade. Todas haviam conquistado seu lugar em Temiscira. Exceto Diana, nascida do solo da ilha e do desejo de Hipólita por uma filha, moldada no barro pelas mãos de sua mãe."

Acontece que a jovem resgatada é Alia, uma jovem de 17 anos de idade descendente direta de Helena de Tróia. Ela é uma semente de guerra. No momento em que pisa na ilha, as Amazonas começam a adoecer e Diana encara um dilema: ela deve matar Alia e impedir uma nova guerra mundial ou tentar salvá-la e encontrar uma alternativa?

Inicialmente, Alia acredita que Diana é integrante de algum culto maluco sem sentido, mas conforme a situação vai escalonando e Alia percebe que existe pessoas atrás dela, a jovem se dá conta de que sua vida está realmente em perigo e de que ela própria é um perigo para todos.

Juntas e contando com a ajuda de Jason, o irmão mais velho de Alia, Nim, a melhor amiga e Theo, esse grupo de jovens vai se envolver em uma aventura e tanto, incluindo deuses, homens armados e voos perigosos.

    "Somente pertencia a Temiscira as amazonas que haviam conquistado o direito a uma vida ali. Morriam em batalha cobertas de glória, provando a força de seu coração. Se nos últimos instantes de vida clamassem por uma deusa, poderiam receber uma oferta de uma nova vida, uma vida de paz e honra entre irmãs. Atena, Chandraghanta, Pele, Banba... Deusas do mundo inteiro, guerreiras de todas as nações. Cada amazona conquistara seu lugar na ilha. Todas menos Diana, é claro."

16 Comentários

  1. Oii.
    Eu acho bem interessante essa recontagem da história que conhecemos. Porém não estou muito no clima de releituras pq tenho visto aos montes.
    Contudo, vou deixar essa dica anotada. Quem sabe quando estiver mais na onda???
    Beijos.

    Blog: fanficcao.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois tenho que concordar que estamos em uma "onda" de releituras - para o momento me caiu bem! Eu costumo curtir os clássicos, contos antigos e essas "repaginações" em um primeiro momento tem me atraído e agradado bastante.
      Beijos.

      Excluir
  2. Oi Karini, apesar de ser fascinadas por estas mulheres heroínas e as vezes, até a vilãs, ainda não li este livro e nem assisti ao filme, mas quero muito. E não sabia que era uma livrão, 400 páginas, eu acho grande, um tamanho bom, para ser mais sincera.
    Adorei a resenha, já estava na minha lista e continua.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu curto heroínas.. Mas tenho um tombo por vilões! rsrs
      Se tiver oportunidade leia, já que curte o estilo.
      Beijos.

      Excluir
  3. Eu li tantas resenhas sobre esse livro que eu sinto que já li ele todo. kkk
    Mas não foi um livro que me deu vontade de solicitar, ler e tirar minhas próprias conclusões sabe. Apesar de adorar a história da personagem creio que o livro não seja para mim, pelo menos não por agora. Mas obrigada pela dica de qualquer forma.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo totalmente.. Me deparei com uma resenha de um livro lançado recente em tantos blogs que eu já estava com impressão de ter lido.
      E leitura é isso - fases, momentos..
      Beijos e obrigada pela visita.

      Excluir
  4. Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia este livro ainda, mas não estou muito curioso co a leitura, devo dizer...

    A verdade e que não sou grande fa de ler/ver sobre superherois! :( Mas fica a dica, caso mude de ideias! :P

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  5. Olá Karini, tudo bem?
    Eu ainda não li esse livro, mas já li muitas resenhas dele e fiquei muito interessada em ler ele por conta disso. Além disso, eu amo a Diana, então, já sabe, né? Eu fiquei intrigada para saber como a coisa de a Diana ser uma integrante de alguma culto vai funcionar.
    Vou anotar a dica!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oiii Karini

    Eu amooo a escrita da Leigh Bardugo, ja li a dualogia de Six of Crows e a trilogia Grisha e gostei de ambas as séries, mas te confesso que esse da Mulher Maravilha não me chama a atenção de jeito nenhum. Talvez seja justamente porque a personagem não é das minhas preferidas e com todo esse boom que teve de personagens da Marvel ultimamente, eu ando meio saturada, então por enquanto acho que vou deixar a dica passar.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Karini, li para um clube de leitura e gostei muito. Já conhecia a escrita da Bardugo, mas confesso que ela mesmo assim me surpreendeu, pois mesmo sendo um enredo mais juvenil, ela me conquistou totalmente.
    Bjs, ROse

    ResponderExcluir
  8. Olá, eu gosto muito da Mulher Maravilha, então, essa é uma história que eu tenho uma vontade enorme de ler, não só pela personagem, mas também pelo enredo que parece bem bacana.

    ResponderExcluir
  9. nuncas tinha visto o livro, parece engraçadinho e de entretenimento, mas não me deu vontade de ler

    ResponderExcluir
  10. Oi Karini, nunca li nada de super heróis assim em formato de romance, fiquei bem curiosa. Adoro os personagens da DC e a história da Diana é uma das mais fodas.
    Já quero muito fazer essa leitura.
    beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá
    Nunca li nenhum livro assim de super heróis mas essas capas da Arqueiro me deixam querendo te-los só para admirar na estante, eu com certeza leria esse livro.
    Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  12. Eu estou loucaaaaa para ler esse livro porque amo super-heróis! Mas ainda não tive a oportunidade de ler, mas sua resenha ficou ótima e eu não sabia sobre esses detalhes porque admito que só tinha visto a capa hahaha

    ResponderExcluir
  13. Oi Karini, como está?
    Já li algumas resenhas desse livro e confesso que acho a proposta dele muito interessante, ainda mais quando a Diana passa por isso antes de se tornar a Mulher Maravilha. A única coisa, no entanto, que me deixou meio incomodada, foi essa parte de "infame Helena de Troia". Verdade que a paixão dela e do Paris ocasionou isso, mas, fica difícil de acreditar nisso. Mas é só coisa de leitora mesmo.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://www.galaxiadeideias.com/
    http://osvampirosportenhos.blogspot.com

    ResponderExcluir