Editora: Faro Editorial
Páginas: 144
Ano: 2018
Recebido de Parceria

Dez anos depois de estar cara a cara com aquela assombração, Tiago finalmente concorda em voltar à mesma casa para visitar sua avó. Agora adolescente, ele pretende provar para si mesmo, que a terrível imagem que o aterrorizara nas madrugadas por tanto tempo, não passava de uma criação tenebrosa da infância. Mas, ao chegar no casarão, o jovem se depara com o misterioso quarto de seu falecido avô, agora mantido fechado, e tratado como espaço proibido. As restrições com relação ao aposento, as sensações e barulhos no meio da noite logo alimentam nele a suspeita de que algo terrível habita o local. Tomado por uma estranha coragem e desejo de ver-se finalmente livre do medo, tudo que o rapaz deseja é descobrir o que há por trás daquela porta. Então, o pesadelo toma novo impulso quando a figura sombria da infância mostra-se real novamente... mas, desta vez, ela quer atacar o seu irmão mais novo. Determinado a impedir que o caçula passe por terror semelhante, Tiago, mesmo apavorado, decide enfrentar a criatura. E o que descobre expõe terríveis segredos do passado que ninguém poderia imaginar.

Em "A casa dos pesadelos", Tiago é um adolescente que passou os últimos dez anos tendo pesadelos com sua última visita a casa da avó. Passou anos se consultando com uma psicóloga que fez de tudo para reforçar o fato de que os monstros que havia visto não eram reais.
"Se o jovem retraído já era avesso a qualquer tipo de conversa trivial, expor uma situação particular em voz alta era algo completamente fora de cogitação." (p. 34)
Então quando sua mãe e Bruno, seu irmãozinho de seis anos de idade resolver ir visitar a avó, Tiago acredita que está preparado para enfrentar seus medos mais profundos. Porém, ao retornar ao local dos seus maiores pesadelos, Tiago depara-se com o terror e a descoberta de que Bruno agora pode ser alvo da terrível criatura.
"Ele conhecia as mazelas de um trauma mal resolvido e, se pudesse, faria o possível para o pequeno não conviver com os mesmos medos que o travaram a vida inteira." (p. 60)
Apesar de ser um livro curtinho, o conteúdo é espetacular. A trama é muito bem desenvolvida e a forma como as peças vão se encaixando e apresentando a identidade do monstro é simplesmente arrebatadora.
Marcos DeBrito soube construir muito bem a história, de forma que o leitor é levado de forma gradual a uma casa repleta de segredos e que tem vida própria, podendo tornar-se uma protagonista poderosa em determinadas cenas.
É importante ressaltar o carinho que a Faro Editorial tem com os seus leitores, pois cada livro é cuidadosamente impresso, com detalhes internos, capas condizentes com o conteúdo e diagramação bem feita.
"Tiago permaneceu sentado no colchão, mirando o breu a sua frente. O aposento sombrio o arrostava a distância, no empenho de lhe abalar a valentia, mas ele estava comprometido. Disposto a não fraquejar, respirou fundo e abraçou a missão de sentinela noturna." (p. 83)

5 Comentários

  1. Ola
    Os livros do autor estão na minha lista para a próxima compra. Gosto de leituras do tipo, e li algumas otimas resenhas desse livro o que me deixou muito empolgada em ler.
    Gostei do post.
    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Oiê! Esse não é um gênero que eu tenha o costume de ler, sou um tanto medrosa com terror, preferindo os livros que fiquem apenas no suspense, sem aparições sobrenaturais. Mas achei muito nobre a atitude do protagonista de proteger seu irmão mais novo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oiii Karini

    Realmente as edições da Faro são lindas mesmo, eu tenho quatro livros deles e todos estão impecáveis. Adorei essa história de Casa dos pesadelos, apesar de ser curta da pra notar que o autor soube desenvolver bem. Com certeza adorria conferir.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?

    Eita, achei a premissa super interessante! Fiquei bem curiosa para saber quem é o monstro, e confesso que através da sua resenha e da sinopse desenvolvi até uma teoria. kkkk
    Que bom que, apesar do livro ser curtinho, o autor soube trabalhar a história, dica super anotada!

    Beijo!
    Ana Luz.

    ResponderExcluir
  5. Amei sua resenha, e já até salvei esse tituko, ando precisando de livros curtos para sair da rotina e sendo suspense é ainda melhor.

    ResponderExcluir