Resenha da Série Big Rock


Impressões sobre a Série Big Rock. Lançados pela Faro Editorial!
Bora conferir?




Sinopse - A maioria dos homens não entendem as mulheres. Spencer Holiday sabe disso. E ele também sabe do que as mulheres gostam. E não pense você que se trata só de mais um playboy conquistador. Tá, ok, ele é um playboy conquistador, mas ele não sacaneia as mulheres, apenas dá aquilo que elas querem, sem mentiras, sem criar falsas expectativas. “A vida é assim, sempre como uma troca, certo?” Quer dizer, a vida ERA assim. Agora que seu pai está envolvido na venda multimilionária dos negócios da família, ele tem de mudar. Spencer precisa largar sua vida de playboy e mulherengo e parecer um empresário de sucesso, recatado, de boa família, sem um passado – ou um presente - comprometedor... pelo menos durante esse processo. Tentando agradar o futuro comprador da rede de joalherias da família, o antiquado sr. Offerman, ele fala demais e acaba se envolvendo numa confusão. E agora a sua sócia terá que fingir ser sua noiva, até que esse contrato seja assinado. O problema é que ele nunca olhou para Charlotte dessa maneira – e talvez por isso eles sejam os melhores amigos e sócios. Nunca tinha olhado... até agora.


Spencer é um homem de 28 anos de idade que trabalha duro no seu próprio negócio, mas que também sabe se divertir. Principalmente com as mulheres. Seus pais possuem uma joalheria famosa e querem se aposentar e aproveitar a vida, e o possível comprador é um homem conservador que preza os valores familiares. Então, conforme a sinopse explica, quando Spencer é apresentado ao possível comprador ele acaba falando que está em um relacionamento sério para aplacar as preocupações do antiquado sr. Offerman e a única forma de se safar dessa é conseguir uma mulher que finja estar em uma relação com ele. E é aí que entra Charlotte. Spencer e Charlotte se conhecem desde a época da Universidade e são sócios no negócio, além de bons amigos. Spencer nunca viu a amiga como uma mulher e sim como um dos caras. Mas ao passar mais tempo ao seu lado, tendo que tocá-la e se passar por apaixonado, Spencer realmente enxerga a mulher maravilhosa que tem ao seu lado e tudo começa a mudar. 
"Ela está simplesmente arrasando! É a noiva de mentira sob medida feita para mim." (p. 87)
Com muito humor e personagens carismáticos ao extremo, "Big Rock" é um romance que fará qualquer leitor se deliciar com as tiras de Spencer e seu ego inflado.
''O fato é que eu não quero abrir mão do que temos. Com Charlotte eu posso ser simplesmente eu mesmo, e não tenho isso com mais ninguém.'' (p. 91)

Sinopse - Nick Hammer tem a vida que todo cara sempre sonhou: dinheiro e mulheres lindas aos seus pés, que não esperam nada em troca além do melhor sexo de suas vidas. E tudo isso graças ao seu personagem, Mister Orgasmo, que saiu das páginas dos gibis para ganhar um programa na televisão. Agora Nick se tornou o mentor sexual de homens ao redor do mundo e o objeto de desejo de todas as mulheres. Para para Nick, e seu alter ego Mister O, a receita é simples: dar prazer, sempre! Mas tudo isso pode estar em risco quando um pedido acontece. Harper, A irmã de seu melhor amigo, Spencer Holiday, também quer aprender as valiosas lições de Nick e Mister O. Harper é divertida, inteligente, linda e irresistivelmente sexy. E lutar contra o desejo de ter ela em sua cama será o pior pesadelo de Nick. Mister O vai conseguir “salvar” essa mocinha e ainda não ferrar a relação com o seu melhor amigo? Um romance divertido, leve, sexy e que vai arrancar suspiros dos leitores. Afinal, não dizem que o amor e a amizade andam lado a lado? Talvez eles até possam dormir na mesma cama.

Nick é um dos melhores amigos de Spencer e um artista famoso graças a sua tirinha "As Aventuras de Mister Orgasmo" (daí o título do livro). A tirinha ficou tão famosa que acabou se tornando um programa de televisão de alta audiência, tornando o seu criador um homem com muito dinheiro. Junte a isso uma boa aparência, inteligência e muito bom humor e temos alguém irresistível em jogo.
"Sejamos francos aqui: a Harper não é uma animadora de torcida sexy, nem uma beldade desfilando uma lingerie da Victoria`s Secret. Ela é uma gata peculiar. Uma tesuda nerd. A fantasia excitante de um jogador de videogame. A Harper pratica Kickboxing na academia, compete duro em nossos jogos de softbol de verão e sabe em qual casa ficaria em Hogwards. Ela é Lufa-Lufa e, sim, me excita o fato de que ela não escolheu Corvinal ou Grifinória como todo mundo geralmente faz, mas escolheu a casa conhecida por sua lealdade."
Harper é a irmã mais nova do Spencer e é uma mágica profissional que atualmente trabalha em festas infantis. Ela é apaixonada pelo que faz, mas trabalhar com crianças pequenas acabou prejudicando suas habilidades sociais que já não eram maravilhosas. Então quando ela fica interessada por um dos pais que conheceu em uma das suas apresentações, Harper precisa de uma "ajudinha" para entender o sexo oposto e saber como ficar irresistível. E aí que ela pede ajuda ao seu amigo Nick.
“Beijar nunca foi assim. Nunca foi tão bom, tão intenso. Sinto-me embriagado por ela, inebriado por seu sabor, sua língua, sua boca, sua doçura.”
Acontece que Nick sempre teve uma queda por Harper, mas como ela é território proibido nunca expressou seus sentimentos. Porém, ter a garota dos seus sonhos na sua frente, pedindo lições de sedução acaba se tornando o maior teste de resistência na vida desse cartunista.
"Princesa sem noção, você está prestes a aprender sobre todas as coisas que não percebe."
Com diálogos engraçados e pensamentos impertinentes dos protagonistas, os leitores irão se apaixonar pelo casal mais nerd da série.


Sinopse - O empreiteiro Wyatt é bem-sucedido, inteligente, engraçado, bem... servido, mas nada organizado! Para lidar com a burocracia do negócio e ajudar na expansão de sua empresa, ele contrata a super eficiente Natalie. Os dois tem uma forte atração sexual, mas mantêm a relação apenas no âmbito profissional.... SEMPRE LEVO AS MULHERES À LOUCURA, SEJA NAS OBRAS QUE CUIDO OU DEBAIXO DOS LENÇÓIS.Isso até eles se verem num bar de Las Vegas e receberem uma notícia desastrosa. Para salvar a noite eles resolvem curtir tudo que a cidade do pecado tem a oferecer... desde uma certa montanha-russa até uma capela para casamentos rápidos. E o problema é que o que aconteceu em Vegas, não ficou em Vegas...E a cada dia me sinto mais tentado a mudar o status do meu relacionamento com a Natalie. Não sei se a trato como minha ex-esposa ou se coloco um anel de verdade no dedo dela. O QUE NÃO TENHO DÚVIDAS É QUE NINGUÉM DEIXA MINHAS FERRAMENTAS EM PONTO DE BALA COMO ELA... E ISSO É ASSUSTADORAMENTE DELICIOSO.

Wyatt é um empreiteiro que teve más experiências com ex-namoradas que tentaram prejudicar os seus negócios. Por conta disso, ele criou uma regra de não confraternização com suas funcionárias. Natalie é a irmã de Charlotte (protagonista do primeiro livro) e precisava urgentemente de um emprego. Sendo alguém com grandes habilidades de organização, ela é a pessoa ideal para lidar com toda a papelada dos negócios de Wyatt. Prova disso é que nos seis meses em que ela trabalha lá, o número de clientes aumentaram, a produtividade está melhor do que nunca e em breve Wyatt poderá expandir o seu negócio. Quando um grande contrato leva os dois para Las Vegas, o que deveria ser uma viagem profissional torna-se uma noite ardente e inesquecível, com direito a um casamento em uma capela pra lá de hilária. Será que é possível voltar a ser o que eram ou Natalie e Wyatt terão que repensar o seu relacionamento?
Wyatt é um cara que adora colocar a mão na massa (literalmente!), mas que tem suas neuroses e traumas tão profundos que chega a criar teorias mirabolantes dentro da própria cabeça. Por isso mesmo, sua narrativa é engraçada, mas em alguns momentos frustantes graças a sua atitude estúpida. A química entre o casal é inegável e de todos os livros, esse é aquele que mais tem cenas hots (e elas são escaldantes mesmo!).
"O que se passou entre a gente foi muito além. Mas eu também não tinha dúvida de que não poderia voltar a acontecer." (p. 104)

Sinopse - Chase levava uma vida tranquila como médico na movimentada Nova York, sucesso entre as mulheres, parecia que não faltava nada... até que descobre que seu contrato de aluguel está para vencer e se vê entre duas opções: morar na rua e dividir apartamento com a deslumbrante irmã do seu melhor amigo. O problema é que conseguir um bom apartamento em Nova York é mais difícil do que encontrar o amor verdadeiro. E se eu tiver que dividir um espaço com alguém, que seja com uma garota tão maravilhosa como a irmãzinha do meu amigo. Só peço que os céus me ajudem. Eu posso resistir à Josie. Sou disciplinado, e, se me esforçar, consigo manter meus pensamentos sob controle, mesmo no minúsculo apartamento que dividimos. Mas, certa noite, bem atordoada com um dia difícil, ela insistiu para deitar-se ao meu lado, sob as mesmas cobertas. Isso a ajudaria a dormir, foi o que ela disse... MAS COMO UM HOMEM COMUM PODE RESISTIR A UMA SITUAÇÃO COMO ESSA? O difícil vai ser segurar a tentação diante da tensão sexual que desperta toda vez que os dois dividem bons momentos. Entre conversas, pizzas e risadas, o clima esquenta e Chase percebe que aquela que em pouco tempo já se tornou uma amiga, pode ser algo mais... talvez um pacote completo.

Chase e Josie se conheceram quando Chase foi para a casa dos pais de Wyatt na época da faculdade e esses protagonistas se conectaram imediatamente. Josie é a irmã mais nova do seu melhor amigo Wyatt (protagonistas do livro 2 e 3). Morar em Manhattan não é fácil. Os aluguéis são caríssimos e a procura é enorme. Após passar um tempo fora do país, Chase precisa de um apartamento para ficar e continuar trabalhando, mas no último momento, ele se vê sem alternativa. Josie é uma confeiteira e dona da Sunshine Bakery, confeitaria de seus falecidos pais. Quando sua colega de quarto precisa se mudar, ela fica com um quarto vago no seu apartamento e quem melhor do que seu grande amigo Chase para ocupar a vaga?
“E, naquele momento, meu coração fazia mais do que simplesmente bombear sangue pelo meu corpo, ele parecia um foguete que cruzava a atmosfera e ia além. Ele era mais do que um órgão que sustentava as funções vitais do meu corpo, era a morada do papel mais vital de todos...”
De todos os livros da série, esse é o mais cute. Os protagonistas são fofos e Josie é toda alegre e tem uma personalidade fofa, como se o seu mundo fosse rodeado de unicórnios e arco-íris. Além disso é uma confeiteira muito talentosa que está sempre testando novas receitas e deixando o leitor com água na boca com suas receitas (que aparecem no livro!).
"E, no exato momento em que ela disse isso, eu me transformei num personagem de desenho animado que fora abatido. Foi como seu eu tivesse sido acertado por um golpe de safadeza e a parte depravada do meu cérebro tivesse ficado em polvorosa." (p. 48)

E aí, quem leu os livros e o que acharam? Posso dizer que apesar não ser uma leitura frequente, me diverti bastante lendo esses livros!

Beijos.
Dani.

13 comentários

  1. Oi Dani, tudo bem?
    Olha de todas as capas da série (que são tentadoras) a primeira é a mina favorita. Andei lendo algumas resenhas do primeiro (e segundo livro), mas não consegui me atrair pelo enredo pq não curto esse gênero literário. Mas pude ver que está fazendo bastante sucesso entre os fãs rs

    Beijos
    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  2. Oi tudo bem? Ainda não li nenhum desses livros mas estou com o Big Rock aqui me esperando, adorei todas as sua dicas e vou ler pode ter certeza, você comentou que achou o Pacote Completo um cute, vou ter isso em mente. Obrigado pelas dicas, bjs!

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bem?
    Esses livros são hot né? Pela capa parece que sim. Apesar das suas boas impressões sobre a série não sei se leria apesar de gostar muito de romances mais apimentados. Infelizmente já estou bem saturada desse tipo de conteúdo: o chefe gatão e a subalterna produtiva, o cara rico com um passado conturbado que não está afim de se apaixonar mas acaba conhecendo a mulher certa.... sei lá, não é algo que me gere interesse no momento, mas com certeza agradará a muitos.
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Olá!! :)

    Eu já ouvi falar bastante dessa coleção, ainda bem que trouxeste a tua opinião (e que gostaste!).

    Contudo, não chamou muito a minha atenção, por não gostar muito de livros hot ou tramas demasiado "fofas". Desta vez, terei de passar :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  5. Olha, pra ser bem sincera o que mais chamou minha atenção foram as receitas no último livro... Rs... Não curto livros com cenas hot, mas vou anotar a indicação pra presente, tenho várias amigas que amam.

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?

    A cada resenha que eu leio, a vontade de ler essa série só aumenta! Vendo sua resenha agora, acho que vou mudar minha lista e comprar logo. Essas capas despertaram meu interesse e não vejo a hora de me jogar nessas histórias. Só vejo elogios.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Morro de vontade de conhecer a escrita da Lauren e está série está na minha lista de desejos, pois adoro essa premissa divertida dos enredos. A premissa de todos eles me agrada bastante, tando do casal nerd como dos protagonistas fofos, quero mesmo ler esses livros.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu amo a escrita da Lauren, mas dessa série só li o primeiro e espero conseguir concluir a leitura dos demais em breve.
    Gosto da forma como os personagens são conduzidos e a narrativa feita pelo mocinho é muito atrativa.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  9. Li os dois primeiros e gostei bastante, estou ansiosa por pacote completo e bem safado. Não tenho duvidas de que vou gostar muito da leitura.
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Como você pontua no final, acho que é uma leitura para diversão, bastante válidas para momentos de ressaca literária, ou quando estamos beeeemmmm estressados, a capa para mim que é um problemas, mas mesmo assim, acho que me divertiria tanto quanto você.

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem? Não tenho interesse nesse tipo de livro. As capas já me incomodam e o conteúdo literário me parece ridículo, sinceramente. Respeito que tem gente que gosta e ama, mas confesso que não entendo. Acho o gênero tão reciclado e vazio... e digo isso porque já li muitos na adolescência. Com certeza, não é uma literatura para mim, mas que bom que você curtiu :)

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Adorei essa resenha quadrupla. Eu já li Mister O e, apesar de eu ter achado que não gostaria tanto, aproveitei muito essa leitura. Estou louca para ler os outros livros, pois parecem ser muito bons.
    O que mais curto nos livros da Lauren é que, por mais que os livros sejam mais do mesmo, nos divertimos muito fazendo a leitura.
    Adorei as resenhas :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Conheço a série e já comprei os livros, e não vejo a hora de ler. Inclusive aproveitei a Bienal para autografar meus volumes. Os livros tem ingredientes suficientes para me fazerem gostar da leitura.
    Bj Rose

    ResponderExcluir