Cinepipoca - Sharps Objects (Objetos Cortantes) - Série HBO

Criado por: Marti Noxon
Autor da Obra: Gillian Flynn
País: EUA
Gênero: Drama, Policial e Suspense
Episódios: 8
Ano: 2018

Série adaptada para tv pela HBO

Olá pessoas do meu coração, como estão? Vamos falar sobre adaptações de livros para as telas? 
Hoje trouxe a série da HBO - Sharps Objects, baseada no livro Objetos Cortantes publicado pela Editora Intrínseca. Que vem dividindo opiniões, mas a grande maioria das críticas que vi, foram muito positivas.



Olá pessoas estamos no mês do Setembro Amarelo - Esse é o mês de prevenção ao suicídio e com isso iremos postar livros, séries e assuntos relacionados ao tema doenças mentais, depressão e também outros gêneros como forma de ajuda e um hobby, para escape do dia a dia de quem sofre dessa doença. Abrindo meu coração para vocês, fui diagnosticada com depressão faz alguns anos e sei os altos e baixos que eu passei. Na leitura encontrei refúgio, distração, e superação, junto com outras coisas mais, como amigos e pessoas que me viram e se importaram. Por este motivo sou a favor da valorização da vida, da empatia, de que "depressão não é frescura".  Para dar início ao projeto, trazendo a abordagem do tema, trouxe o seriado Sharp Objects, que retrata problemas mentais derivados de situações de estresse e exposição à tratamentos que levaram às meninas da família de Adora a ser como são! O seriado é pesado em alguns momentos, mas retrata uma realidade que pode ser a de algumas pessoas por aí..


Bom, vocês podem conferir abaixo a sinopse do livro e entender bastantes sobre o que esperar do enredo tanto da série de tv, quanto do livro:



Sinopse: Uma narrativa tensa e cheia de reviravoltas. Um livro viciante, assombroso e inesquecível. Recém-saída de um hospital psiquiátrico, onde foi internada para tratar a tendência à automutilação que deixou seu corpo todo marcado, a repórter de um jornal sem prestígio em Chicago, Camille Preaker, tem um novo desafio pela frente. Frank Curry, o editor-chefe da publicação, pede que ela retorne à cidade onde nasceu para cobrir o caso de uma menina assassinada e outra misteriosamente desaparecida.
Desde que deixou a pequena Wind Gap, no Missouri, oito anos antes, Camille quase não falou com a mãe neurótica, o padrasto e a meia-irmã, praticamente uma desconhecida. Mas, sem recursos para se hospedar na cidade, é obrigada a ficar na casa da família e lidar com todas as reminiscências de seu passado. Entrevistando velhos conhecidos e recém-chegados a fim de aprofundar as investigações e elaborar sua matéria, a jornalista relembra a infância e a adolescência conturbadas e aos poucos desvenda os segredos de sua família, quase tão macabros quanto as cicatrizes sob suas roupas.  



Bom, essa é a história, tanto do livro, quanto do seriado e ouso dizer que um está bastante fiel ao outro, com pequenas alterações. Minha primeira experiência com esse enredo, foi quando a Editora Rocco lançou, com o título: "Na Própria Carne" - foi ali que fiquei completamente apaixonada pela escrita da autora.

.

Agora vamos ao que interessa.. Minhas impressões sobre a série. Leia por conta e risco, pois contém spoilers!!!

A adaptação, como coloquei lá no começo contou com 8 episódios e simplesmente posso dizer que queria muito mais. Porém os episódios foram suficientes para fechar com chave de ouro essa adaptação.

Como eu li o livro e agora vi a série, pude notar pequenas mudanças no final do seriado. Esse último episódio, a meu ver foi um dos mais impactantes, pois Camille finalmente descobre coisas que já suspeitava sobre a morte de sua primeira irmã e também sobre quem matou as meninas de Wind Gap.
A mudança em relação ao livro foi bastante sutil e acredito que assim como a própria autora disse, necessária, para impactar quem estava assistindo, pois no livro temos bem mais detalhes sobre como Amma matou as meninas com a ajuda das amigas patinadoras. Amma e até mesmo a própria Camille não saíram imunes aos "cuidados" de Adora. Elas tem suas cicatrizes profundas; Camille com marcas na própria carne, pois se cortava para se punir e sentir.. Enquanto Amma acabou desenvolvendo tendências sociopatas e se tornando uma Serial Killer, como sugere o final do seriado.

No livro temos Amma na prisão, confessando seus crimes e tal. Já na série não temos essa sequência exata, quem vai presa é Adora, por tentar envenenar as filhas Amma e Camille, supostamente ter envenenado sua filha caçula e acusada de ter matado as meninas de Wind Gap. Porém termos um término com Camille cuidando da irmã e descobrindo na casa de bonecas indícios de que quem cometera os crimes foi Amma, e continua cometendo, ainda que tenha se mudado e saído do controle de Adora. O final não é redondo, deixando margem para quem assisti imaginar o que aconteceria a partir daquele momento em que Camille descobre que Amma não apenas é a assassina, mas continua matando. 

Para os apressados que sempre que uma série ou filme termina e começa a subir os créditos já desliga, não faça isso! Pois no meio dos créditos, temos cenas fortes e importantes de Amma cometendo os assassinatos com ajuda das amigas e no presente mais uma vez, só que sem ajuda.. Ou seja, uma verdadeira Serial Killer em formação. 

A cara de Camille ao descobrir de fato que a assassina é sua irmã é simplesmente espantosa e Amma pedindo com cara de menina doce, para a irmão não contar "para a mamãe" é ainda mais digno do que foi quando li o livro e imaginei os detalhes.. Ambos os finais são ótimos.. Tanto do livro, quanto do filme e bem parecidos, já que a assassina continua sendo a mesma, apenas algumas cenas e situações foram alteradas, pois no seriado Amma está solta e matando, enquanto Adora vai presa.

Falando de Adora - gente, que personagem mais doente e contagiosa, já que tornou suas filhas quem são. Afinal, somos fruto do meio em que vivemos? Nesse caso, nesse enredo, sim!

Super recomendo a leitura do livro, assim como a série de tv que não deixou a desejar em nada!!

Queria que tivesse uma segunda temporada, pois tem margem para isso, mas pelo que li por aí, infelizmente não teremos esse prazer.. Mas quem sabe um dia a autora não muda de ideia! Assim espero, ansiosa!
Tenho que ressaltar que a escolha do elenco foi fator importante para a série ser tão boa, quanto o livro foi. 
Segue abaixo alguns deles:

Primeira foto: /Personagem: Camille Preaker
Segunda foto: /Personagem: Adora Crellin
Terceira foto: Eliza Scanlen /Personagem: Amma Crellin

Primeira foto: /Personagem: Bill Vickery (polia local)
Segunda foto: /Personagem: Richard Willis (detetive externo)
Terceira foto: /Personagem: Alan Crellin (marido de Adora)

Além desses atores incríveis, temos outros atores fantásticos que brilharam em seus papéis, por menores que fosse.
Créditos de imagens de atores e informações da ficha técnica para o site Adoro Cinema



Deixo vocês com a trilha sonora do seriado:





Alguém já leu o livro ou assistiu a série? Conta aí o que achou?

22 comentários

  1. Oi, Karini! :D
    Ver seu post me trás até uma lembrança de quando esse livro foi publicado. Eu olhei para a capa e o julguei tão mal que nem me interessei, mas agora não paro de ver coisas sobre a série e me arrependo por não ter lido, pois parece uma história incrível! Adoro essas histórias que envolvem problemas psicológicos e fiquei tão empolgada que li sua resenha até mesmo com os spoilers. Como ainda vou demorar alguns dias para ver a série, capaz que até lá já vou ter esquecido. hahaha Adorei ter lido a resenha e saber que a atuação dos atores foi de acordo com o que se esperava. Este trailer me deixou ainda mais animada para ver! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jéssica, tanto a leitura do livro ou assistir a série vale muito apena. Como mencionei.. Teve uma mudança sutil no final de um para o outro.. Mas que não muda o contexto geral do enredo.. E por acaso a HBO arrasa, pois em geral, escolho livros à adaptações. Nesse caso, impossível.. Os dois são bons, impactantes, reflexivos e muito bem feitos.

      Beijos.

      Excluir
  2. Olá, Karini.

    Eu li o livro e lembro-me de na época ter adorado, é bem impactante o final, eu fiquei bem perplexa.
    Fiquei feliz com a adaptação, não sabia que era tão curtinha, irei baixa-la para assistir, assim refresco minha mente sobre alguns detalhes e também vejo se está fiel as partes que eu lembro-me.
    Adorei sua resenha, ficou ótima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem Ana Caroline? Como eu disse teve umas mudanças sutis que a própria autora quis fazer no final da série. E é bem curtinha sim. Mas tão impactante quanto o livro.. Ver as cenas dos cortes na pele, a depressão, a forma como Adora trata as meninas e o que elas se tornam, é ainda mais impactante que no livro.
      Acho que vai gostar da adaptação se curtiu o livro.
      O contexto não foi alterado apesar da pequena mudança no final.. Os culpados continuam culpados.. e as vítimas continuam ferradas de todas as formas!

      Excluir
  3. Oie, eu nunca li nada da autora, mas como você já deve saber, eu amo narrativas que falem sobre transtornos mentais em alguma esfera, e são pouquíssimas as obras que tratam sobre mutilação, sendo assim, só por esse fator eu já fiquei curiosa. Apesar de não ser o seriado que tenho por hábito assistir, sua resenha me deixou muito curiosa então vou passar na frente dos outros e maratonar nesse feriado!

    ResponderExcluir
  4. Oi Karini!
    Eu tenho esse livro, mas ainda não consegui ler. Porém, pelas críticas excelentes sobre a série, estou seriamente pensando em assistir antes de ler - até porque se for assistir só depois de ler, vou assistir daqui uns dois anos, rsrs.
    Como não conheço muito bem a história e para não pegar spoilers, não li toda a sua crítica, mas tenho certeza que o elenco foi muito bem escolhido.
    Bjss

    https://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Já vi criticas bem positivas sobre esse livro mas ainda não li ele mas fiquei bem curiosa para ver a série e ler o livro depois que li o seu post.

    Acho bem legal quando a série fica bem próximo da expectativa do livro, tem uns que até supera o livro, o que eu acho mais sensacional ainda. Será que é sonhar muito querer ela um dia na netflix?

    Parabéns pelo post, ficou muito bem escrito. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Ka!

    Tudo bem? Antes de mais nada o blog tá maravilhoso! Fiquei "passeando" um tempo por ele antes de finalmente vir ler a resenha e comentar! Parabéns pelo bom gosto!

    Sobre o livro eu tenho zero interesse de ler o que reflete na questão da série. Some a isto o fato de eu não gosto da Amy Adams então aí complica ainda mais, mas fico extremamente feliz que indique tanto a obra literária quanto a adaptação e que a segunda não tenha deixado nada a desejar em relação a primeira.

    Só uma dica assim, eu não liguei de tomar spoiler, mas pode ser que quem esteja procurando apenas uma opinião venha a se incomodar então mesmo com o aviso lá em cima seria legal você colocar antes do parágrafo que vai dar um mega spoiler hahahaha

    Beijinhos - Jessie
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  7. Oi! Também tenho visto muitos elogios sobre a adaptação, e por ainda não ter lido o livro, escolhi ainda não assistir a série. Passei meio que correndo sobre suas impressões, por causa do aviso de spoiler, não quero estragar a surpresa nem da leitura nem da série. Mas gostei bastante da escolha dos atores, e também da playlist. Assim que ler e assistir, volto pra opinar! Obrigada por compartilhar!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li o livro, mas quero muito fazer isso antes de assistir o seriado. Ainda não li nada da autora, uma vergonha, eu sei, mas pretendo começar por garota exemplar primeiro. Gostei de seu post sobre o seriado, li por cima para não pegar nenhum spoiler, mas pelo pouco que eu li fiquei muito feliz de saber que é fiel o bastante.
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá, Karini!

    Estava bem interessada no que você tinha a dizer sobre o livro/série até ver o aviso de spoiler.kkkkkkk... Não pude continuar lendo, pois amo spoiler desde que não seja de thrillers.rsrs

    Eu sinto muita vontade de conhecer os livros da autora. Antes meu objetivo era ler primeiro Garota Exemplar, mas venho mudando de ideia e pretendendo apostar no conto O Adulto e nesse suspense Objetos Cortantes. Vi grande divulgação da adaptação para a TV, mas só apostarei na série depois que tiver lido o livro.rs

    Costumo gostar bastante de thrillers psicológicos, sobretudo quando os protagonistas têm algum distúrbio mental. Um dos meus preferidos é No Escuro que contém uma protagonista que sofre de estresse pós traumático e TOC (o segundo eu tenho, por isso me identifico). Estou precisando matar a saudade desse gênero.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Tô doida para assistir essa série! Li o livro e fiquei impactada com o desfecho, imagino que o mesmo vá acontecer com a série. Estava esperando serem lançados todos os episódios para que pudesse assisti-los todo de uma vez, pois não aguentaria esperar um por semana, sou muito ansiosa.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Ahhh eu PRECISO assistir essa série! Li o livro em 2015, acho, e amei muito. Garota Exemplar ainda é meu favorito da autora, mas fiquei impressionada com a força da narrativa em Objetos Cortantes. Muito curiosa para ver como fizeram essa adaptação, e sobre essas alterações que já vi bastante gente comentando. Adorei conferir sua opinião e o post ficou ótimo <3

    Beijos!

    http://umaleitoravoraz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi Ka!
    Primeiro que lindo ficou o novo visual do blog, ainda não tinha visto..amei!
    Agora sobre a postagem, ainda não assisti Objetos cortantes, mas está na minha lista. Adoro a escrita da autora e curti o elenco que foi escolhido, Amy sempre faz ótimas interpretações. Bom saber que é curtinho, então espero conseguir assistir em breve.
    As adaptações estão com toda a força né, ainda bem pra nós amantes da leitura e de querer ver eternizados essas produções.

    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  13. Oi oi querida,
    Eu dei uma "pulada" de linha durante a leitura da resenha, porque pretendo ler o livro com o namorado e meu amigo, e não quero pegar nenhum spoiler se quer. Mas não posso deixar de comentar que eu adorei o post, e você pode tirar algumas dúvidas que eu tinha sobre a adaptação e sobre algumas obras da autora. O livro estava sendo muito esperado por mim porque será o meu primeiro contato com a autora e não queria me decepcionar...
    Espero gostar do livro e a série tanto quanto vc, e foi muito bom saber que o final da série tem algumas coisinhas a mais que o livro (para deixar aquele suspense que adoramos).

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Eu já li muitos comentários sobre o livro e confesso que tenho certa curiosidade em ler, mas ainda não tive tempo para isso. Bom, eu sou tão por fora das coisas que nem sabia dessa série, acredita? Como eu tenho interesse em ler o livro ainda, eu acabei lendo por cima seu post e fiquei feliz em ver que a série não deixou nada a desejar.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  15. Oiii tudo bem??

    Amo a escrita da Gillian, tenho todos os livros, mas esse ainda não li.
    Fiquei curiosa com a serie, e confesso que fiquei com medo da sua resenha, pq não estava afim de pegar spoiller.
    Adorei saber que ambos valem a pena e espero poder mudar a situação em breve, lendo ou assistindo. Uma pena ser apenas uma temporada.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  16. Oi.

    Essa série é simplesmente maravilhosa. Eu não gostei muito do livro, pois é, mas amei muito mais a trama da série, com as alterações que houveram. A Amma é realmente uma personagem intensa e muito misteriosa, porque ela esconde até muito que bem hehehe. Camille, tadinha, tudo era culpa dela. Só sei elogiar as três atrizes principais pelo excelente trabalho. Foram só 8 episódios, mas poderiam ser mais HAHAHAHA.

    beijos!

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Eu tenho visto muitos elogios para essa série e parece que ficou realmente muito boa, especialmente a atuação da Amy Adams. No entanto, eu não sou muito de ver séries e, como não gosto muito do gênero, não fiquei muito empolgada para assistir. Talvez um dia, eu dê uma chance para o livro e, se gostar, até anime ver a série. Porém, no momento, vou passar a dica.
    No entanto, fico feliz que você tenha gostado tanto da série quanto do livro. Acredito que, para quem gosta do gênero, ambos são ótimas opções.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Olá...
    Confesso pra ti que pulei algumas partes da sua opinião sobre o seriado, pois eu quero muito ler o livro antes de Assisti -lo e logo no início da sua opinião dei de cara com o nome da assassina, muito legal pra mim!

    Entretanto, pude ver que é uma série que vale a pena ser vista, mesmo tendo essas pequenas diferenças entre o seriado e o livro como citou. Gosto das séries da HBO por conta da sua fidelidade a obra original!

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá Karini,
    Ainda não li esse livro da autora e confesso que tenho vontade, só me faltou oportunidade.
    Fiquei contente por o seriado ser fiel ao livro e intrigada para entender essa história e a margem que a série deixa para uma possível segunda temporada.
    Gosto muito dos atores, mas evitei ler seu post, pois estou com o livro na lista de futuras leituras.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Eu li o livro no inicio do ano e quando soube que viraria serie, fiquei preocupadíssima em que fosse "estragada". mas a serie me conquistou também e a Amy Adams estava muito bem no papel. Achei o final corrido, mas ainda assim, bem surpreendente.
    Beijos

    ResponderExcluir