Resenha: A invenção das raças - Guido Barbujani

Editora: Contexto
Páginas: 176
Ano: 2007 

* Recebido em Parceria com a Editora

Sinopse - Durante muito tempo a existência de raças humanas era considerada coisa certa, pelo menos para os leigos, os inocentes e os mal-intencionados: falava-se em negros, brancos e amarelos; falava-se, às vezes, em ameríndios, em habitantes da Nova Guiné. Pensava-se até que traços físicos distintos como cor da pele, dos olhos e do cabelo, formato da cabeça, tipo de cabelo, estrutura física pudessem, além de diferenças aparentes, representar níveis diferentes de inteligência, de aptidão, de formas de comportamento, até de moralidade. Mais recentemente a teoria de diferenças genéticas substituiu, para muitos, a ideia da aparência física, como fator de explicação para a variedade racial. Uma forma mais moderna e sofisticada do mesmo discurso. Este livro demonstra que há uma única raça humana. Barbujani, um dos mais importantes geneticistas contemporâneos, sai a campo para demonstrar que, embora discriminar as pessoas por conta da cor da pele, da língua, da religião ou até do passaporte tenha se tornado um hábito neste mundo globalizado, isso não tem nenhuma base científica.



Vivemos em uma época perturbadora, onde o preconceito corre livre e as pessoas tentam cada vez mais categorizar as outras. De tempos em tempos lemos uma notícia perturbadora sobre um crime cometido por preconceito racial e a questão da existência de diferentes raças humanas é levantada.

Guido Barbujani é um geneticista conceituado que escreveu esse livro, um compêndio científico que apresenta ao leitor uma forma simples, didática e esclarecedora sobre os estudos que são realizados na área e as teorias de evolução da humanidade.

"Durante muito tempo a existência de raças humanas era considerada coisa certa, pelo menos para os leigos, os inocentes e os mal-intencionados: falava-se em negros, brancos e amarelos..." (p. 09)

O livro é composto de apresentação + 11 capítulos (além do glossário que é apresentado no final do livro) e em cada um desses capítulos o autor vai debatendo (com embasamento científico) várias grandes questões sociais e técnicas referentes as raças humanas.

O autor começa debatendo a existência das raças humanas, das espécies humanas e passa a falar da criação e do projeto genoma humano, destacando sua importância, relevância e impacto na discussão da biologia evolucionista e genética.

Após passar alguns capítulos falando dos genes e o que eles indicam, o autor discute as três principais teorias da evolução da humanidade (Coon, Multirregional e Origem Africana recente), de modo que o leitor analise calmamente cada uma delas.

É um livro de cunho científico, mas que é muito relevante e que deveria ser lido para uma maior conscientização e reflexão social.

"Este livro demonstra que há uma única raça humana, que nossa espécie não é um mosaico de grupos biologicamente muito distintos ..." (p. 09)

9 comentários

  1. Olá, tudo bem?
    Eu acho que leituras assim são extremamente importantes nos dias de hoje, estamos mesmo vivendo em uma época na qual o preconceito está cada vez maior quando na verdade deveria ser ao contrário. Eu gosto de livros de não-ficção e gostei bastante da sua dica, espero que eu tenha a oportunidade de realizar a leitura em breve.

    ResponderExcluir
  2. Olá! Não conhecia esse livro, mas parece ser uma leitura bastante prazerosa.
    Tenho certeza que é uma leitura bastante importante, ainda mais nos dias que estamos vivendo. Triste saber que ainda existe preconceito, e muitas são destratadas pela sua cor, gênero ou qualquer outro motivo (mesmo não existindo motivo para preconceito). Precisamos de uma vez por todas entender que existem pessoas diferentes de nós, e que acima de tudo somos SERES HUMANOS.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Infelizmente o preconceito está cada vez mais presente em nossos dias e não parece que irá acabar tão em breve. Não conhecia esse livro ainda, mas fiquei bem curiosa para ler, pois parece ser realmente uma leitura muito importante. Adorei a resenha e dica!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Infelizmente o preconceito está cada vez mais presente. Não conhecia esse livro, mas gostei da proposta e da explicação cientifica. Por ser pansexual é um discussão importante pra mim, fiquei curiosa para ler. =)

    Beijos
    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Mesmo o tema deste livro seja um tanto novo, para mim, não sei se eu leria. Raramente leio livros de não-ficção, mas como eu disse o tema é bem 'inédito' para mim, nunca li nada como isso antes.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  6. Oi Carol! Apesar do livro parecer ser uma leitura mais "engessada" definitivamente serve para que possamos fundamentar melhor nossos argumentos em relações a essas questões. Muito obrigada pela dica, já adicionei em minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Confesso que não tenho o hábito de ler livros científicos, mas com certeza a temática desse é super válida e atual, deve ajudar a expandir o entendimento de que somos todos iguais, e ajudar na luta contra o preconceito! Ótima indicação!

    Beijos,
    Ana | Blog Entre Página
    www.entrepaginas.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, Carol! Tudo bem?
    Esse na verdade me pareceu bem um livro que um professor de faculdade (talvez Psicologia) fosse recomendar a seus alunos. Achei bem interessante a premissa dele, acho difícil eu ler um livro assim sem qualquer indicação.
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Eu não costumo ler livros técnicos, só se for voltado para minha área. Mas acho esse assunto tão importante e ao mesmo tempo fascinante que daria uma chance. Ele seria perfeito para discutirmos nas escolas, já que podemos usá-lo para discutir preconceito racial também. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir