Resenha: A Viajante: O Passado é Implacável - Seeker # 2 - Arwen Elys Dayton

Editora: Fantástica Rocco
Série: Seeker #2
Páginas: 384
Ano: 2018
Gênero: Fantasia / Ficção / Jovem adulto / Literatura Estrangeira

Sinopse: Com uma protagonista feminina que encheria de orgulho Katniss Everdeen e Tris Prior, de Jogos Vorazes e Divergente, a série Seeker acompanha a jornada de Quin Kincaid, uma jovem dividida entre o importante legado herdado de sua família e a verdade por trás das aparências. Quando prestou seu juramento e se tornou uma Seeker, seguindo os passos de seu pai e mestre, Quin não imaginava que a nobre organização com a qual se comprometera guardava segredos assustadores. Agora, no segundo volume de sua jornada, a garota conta apenas com seu amigo de infância Shinobu para buscar as respostas que precisa e lutar contra um destino que se revela uma condenação. E quanto mais eles investigam o passado, numa viagem que os levará a lugares como Hong Kong e Escócia, mais o presente se torna sombrio e ameaçador.


Mais uma resenha da nossa convidada Andynha do blog Mon Petit Poison. Espero que gostem.

“– Shinobu? – perguntou Quin ao ver que ele se revirava.”

No livro anterior, apesar da boa ideia e elementos que a autora quis usar para fazer o livro, o jeito que ela fez isso deixou tudo muito sem noção e com suas fracas explicações, a leitura demorou bastante a engrenar e até chegar ao final. Já na continuação, a autora optou por ser um pouco mais clean e explicar coisas que ela só jogou e não falou nada antes. Isso foi um ponto positivo, mas ainda vejo essa série como fraca.

A narrativa continua sendo em terceira pessoa e pelo ponto de vista de vários personagens, o número aumentou bastante, já que os jovens que iriam virar seeker estão seguindo informações diferentes e tentando entender quem eles são e o que de fato é ser seeker, ao mesmo tempo que tentam descobri onde os valores dos seeker mudaram. Bem como entender a vida e cada um dos clãs.

Neste livro a autora quis focar um pouco nessa busca e no passado. Algo que no livro anterior ficou bem a desejar, não que aqui todas as respostas tenham sido dadas, mas um caminho foi seguido e a gente tem uma sensação melhor do que podemos esperar e talvez entender um pouco mais do que a autora quis fazer/trazer para sua história.

Ainda tem umas coisas meio sem noção, uma brincadeira ao estilo ‘Carmen San Diego’ passeando pelo mundo com coisas mágicas, como também um mundo entre o nosso mundo onde o tempo não existe. Mas, as lutas, as explicações, clãs e quem poderia estar por traz de tudo, ainda ficou sem definição. Teremos de esperar um próximo livro.

No livro anterior tivemos mais romance do que nesse, o que achei legal, não que o romance não tivesse espaço aqui, mas realmente não é a grande ideia do livro, as buscas e as informações são muito mais importantes, nesse ponto a autora acertou.

Ainda falta ligação, um melhor desenvolvimento e um enredo mais encorpado para essa história dar certo. A ideia geral é boa, mas a autora não soube (ainda) explorar isso em suas páginas.

12 comentários

  1. eu li o livro anterior e concordo com você, foi bem fraco, tanto é que nem tenho vontade de ler a continuação. mas que bom que em um ponto você acha que a autora acertou nesse livro.
    ótima resenha!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  2. Oi, Andynha!
    Não conhecia essa série ainda, mas lendo a sinopse até que me interessei por conta dos cenários diferentes pelos quais os personagens passam. Ler sua opinião sobre ela e saber que você o achou um pouco fraco é meio triste, mas mesmo assim gostei de várias questões do livro. Assim como você, penso que às vezes o desenrolar da história pode se tornar mais importante do que as partes de romance, então não veria problema nisso. Talvez eu ainda pense em ler essa série um dia. Obrigada pela opinião sincera! Beijos!

    Jéssica Martins
    castelodoimaginario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Fiquei um pouco perdida no desenrolar da trama, apesar das aventuras e de alguns segredos, mas isso deve ser pelo fato de ser o segundo livro da série. Parece que esse livro ainda deixou várias situações que precisarão serem exploradas no terceiro livro e torço para que a autora consiga dar um final bacana para a trama.
    Vou aguardar a conclusão para decidir se vale a pena dar uma chance a essa obra.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  4. Achei a sinopse desse livro interessante, mas, ao ler sua resenha, percebi que essa série não é para mim. Sinceramente, o fato coerência é muito importante na minha humilde opinião, lago que você ressaltou ser um problema na história, além disso, não gosto de histórias "fracas".
    Obrigada pela sinceridade!

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Legal ver a resenha de uma convidada aqui no blog =D
    Eu não conhecia a série ainda e fiquei um pouco perdida na resenha, mas acredito que eu possa gostar da leitura, a premissa me parece ser bem interessante e espero que o próximo volume possa te agradar ainda mais, porque pelo que eu percebi tem tudo para ser uma boa leitura.

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia a série, mas assim como Jogos vorazes, essa também não me chama atenção,
    mas que bom que nesse segundo livro a autora optou por ser mais clean.Uma pena que ainda mantenha alguns assuntos sem noção na narrativa, então espero que ela melhore já que a ideia é boa.
    Beijos
    https://acabinedeleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Eu nunca tinha ouvido falar da série e confesso que quando vi o título achei que se tratava de outro tipo de história (mais como Outlander, sabe.rsrs). E pelo que você falou creio que o melhor é eu jamais apostar na série. Detesto perder tempo com histórias fracas, que não são bem desenvolvidas e deixam tanta informação para os próximos volumes. Isso me deixa sem paciência, confesso.

    ResponderExcluir
  8. Muito curiosa em seguir lendo depois de uma experiência tão ruim com o livro anterior, ne? Hahahah depois de tentar ler o primeiro volume, desisti totalmente dessa história, mas pelo que vejo alguns pontos melhoraram consideravelmente.

    ResponderExcluir
  9. Olá, não conhecia esse livro ainda, e assim. Que comecei a ler a sinopse me senti bastante interessada na trama, mas ao ler sua opinião sobre o livro confesso que fiquei receosa. Não gosto de histórias fracas, e nem de explicações incoerentes ou rasas. Vou pesquisar mais sobre o livro e quem sabe eu não mude meu conceito,mas no momento vou optar por não anotar a dica...

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    nossa, eu já li alguns livros onde a autora tinha uma boa trama nas mãos, mas que não soube aproveitar, e deixou a história bem fraca.
    Ainda não li o primeiro livro, por isso não sei todos os detalhes, mas vou fazer a leitura em breve.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  11. Olá, que bom saber que esse livro dá pelo menos uma noção melhor do que a autora pretende com a história, mas pena que ainda não foi uma história bem amarrada e que conquiste o leitor, quem sabe num próximo volume melhora e faz valer a pena a leitura?!

    ResponderExcluir
  12. Vixi, fiquei na dúvida agora se irei ler a obra depois que li a resenha, pois uma fantasia quando não é bem escrita, se torna muito cansativa de se ler. Acho que vou passar pra frente.

    ResponderExcluir