Resenha: Aquela Noite - Fábio Vera Cruz

Editora: Pendagron
Páginas: 209
Ano: 2016
Gênero: Ficção/ Suspense e Mistério

* Recebido em Parceria com a Editora

Sinopse - Uma história repleta de seres da noite, lobisomens, vampiros e outros. Com muito mistério, humor e uma pitada de romance, venha dar uma conferida. Aquela noite mudou toda minha vida! não sou mais a mesma pessoa de antes. Meu humor, meu corpo, meus pensamentos e até mesmo meus olhos não são mais os mesmos. Vivo segundo a segundo, noite após noite tentando me adaptar a este, ao que parece incontrolável poder e ao mesmo tempo tentando ter uma vida normal. Meu nome é Sarah Miller, espero que saibam o que estão fazendo iniciando esta leitura.


"Aquela noite" é  narrado em primeira pessoa. Sarah é uma jovem no início dos vinte anos de idade que um dia acorda na mata nua, sem lembranças dos últimos acontecimentos. Tudo o que a jovem deseja é voltar para sua casa em Casimiro de Abreu, mas ela acaba descobrindo que sua vida nunca mais será "normal". 
Sarah foi mordida por um lobisomem e transformada. Porém, não sabe quem é o seu criador ou o que o levou a transformá-la. Ela vai contar com a ajuda de um alfa local e sua família, a tia Anne e o adolescente Diego para guiá-la nessa nova situação.
Mas nada é fácil para jovem. O seu criador é alguém importante e sua transformação é fora do comum. O que será de Sarah?
Sarah é uma protagonista inteligente e corajosa. Mesmo diante de tudo que é apresentado a ela, Sarah enfrenta de frente os obstáculos. 
Douglas é um jovem íntegro que quer apenas manter sua matilha em segurança, mas que se envolvido em uma situação em que não pode negar ajuda. Além disso, temos outras criaturas sobrenaturais que vão enriquecendo a história.
A história apresenta outros personagens que vão agregando complexidade e profundidade ao enredo, como o jovem Douglas, que está também descobrindo o seu papel nesse mundo sobrenatural e a tia Anne, que tem uma personalidade protetora e maternal.
O livro tem um enredo intrigante e a ideia geral do livro é muito boa. Porém, confesso que senti falta de um pouco mais de desenvolvimento no enredo. Na minha opinião, os acontecimentos se desenrolaram de forma muito rápida e ficou faltando algumas explicações.
Vale destacar o trabalho da Editora Pendagron na obra. A diagramação é simples, mas muito bem feita e a capa é linda e combina perfeitamente com o conteúdo.
"Ao chegar ao local, viu uma devastação que só poderia ter sido causada por algo gigantesco. O raio de destruição chega aos trinta metros mata adentro. Bem lá no fundo, acompanhando cada passo seu, dois olhos como fogo se aproximavam lentamente". (p. 12)

Nenhum comentário