Resenha: A Assombração da Casa da Colina - Shirley Jackson

Editora: Suma de Letras
Páginas: 240
Ano: 2018
Gênero: Ficção / Horror / Literatura Estrangeira

*Acervo pessoal

Sinopse: Considerada uma das melhores histórias de terror do século XX, a A Assombração da Casa da Colina promete calafrios aos seus leitores. Vista por mestres como Stephen King e Neil Gaiman como a rainha do terror, Shirley Jackson entrega um livro perturbador sobre a relação entre a loucura e o sobrenatural.

Sozinha no mundo, Eleanor fica encantada ao receber uma carta do dr. Montague convidando-a para passar um tempo na Casa da Colina, um local conhecido por suas manifestações fantasmagóricas. O mesmo convite é feito a Theodora, uma alma artística e “sensitiva”, e a Luke, o herdeiro da mansão.

Mas o que começa como uma exploração bem-humorada de um mito inocente se transforma em uma viagem para os piores pesadelos de seus moradores. Com o tempo, fica cada vez mais claro que a vida, e a sanidade, de todos está em risco.

Olá leitores queridos. O livro da vez é A Assombração da Casa da Colina. Eu li já tem um tempinho, porém estava em final de período na faculdade e precisei dar um gás nos estudos e sumi um pouco das redes e publicações.. Mas não pensem que se livraram de ler minha opinião.. rsrs Cá estou eu, plena e cheia de leituras e impressões novamente para compartilhar com vocês!
Bora lá?
Acho que a essa altura, a grande maioria das pessoas mais antenadas já sabem que esse livro foi adaptado pela Netflix e se tornou um seriado curtinho, porém que conquistou totalmente meu coração e da minha filha... Se não assistiram ainda, corram e assistam! Garanto que é mais do que o comecinho aparenta, a história foi muito bem adaptada. Eu amei.. E olha que sempre temos aquela impressão de que adaptações nunca valem o tempo gasto, pois jamais irão ser igual ou melhor que o livro.. #ficadica
Vamos ao livro.. Me pergunto como antes eu não o conhecia? Ele é um clássico, lançado em 1959, que veio repaginado por uma das Editoras que eu mais amo, Suma de Letras. Pelo que me informei, essa obra é tão grandiosa como se pode esperar.. Pois ela foi inspiradora de outras adaptações que antecedem a nova da Netflix e até mesmo meu querido mestre King teve algumas inspirações vindas dessa autora que tinha passado despercebida por mim.
Bom, a história tem início com um investigador diferente, ele investiga manifestações sobrenaturais e seu próximo estudo nada mais é que a Casa da Colina, cujos donos foram a família Crain. Bom, o que esperar? O Dr.John Montague acredita que passando um tempo na residência ele irá descobrir fatos que comprovem que a mesma é mal assombrada. Com isso, ele resolve alugar a casa e levar consigo algumas pessoas que parecem já ter tido experiências sobrenaturais para passar o verão com ele na casa. Com isso teremos Theodora, Eleanor e também Luke Sanderson, que é o próximo herdeira da casa.
Falando um pouco dos personagens:
Eleanor, ou Nell, dedicou muito tempo de sua vida a cuidar de sua mãe e agora que está em uma situação que não lhe trás muita alegria, vê nessa oportunidade de passar o verão na Casa da Colina uma chance de ter o que precisa; liberdade, coragem e outros. Digamos que Nell, é uma das pessoas que sofrerá mais com as ocorrências da casa. Bom, Nell, não conhecia Theodora, e a conhece na já na casa. Theo é uma pessoa bem peculiar, assim como os artistas costumam ser e ambas acabam se tornando boas amigas. Só que a casa pode ter planos diferentes para ambas.
Outros personagens que valem muito mencionar são os Dudley, eles são estranhos por si só e são os caseiros, ou aqueles que estão, assim como suas famílias (antepassados), cuidando da Casa da Colina, e para ficar mais estranho ainda, eles se negam a ir até a residência no período da noite. Quem tem medo de escuro ou algum receio, irá pensar muito antes de conseguir se mover sem pensar milhões de coisas a respeito da Casa.. Ou mesmo ir ao banheiro, durante a leitura.. rsrs A Sra. Dudley tem seus critérios e horários para trabalhar na residência, o que soa bem esquisito desde o começo. Mas ela não causa medo, na verdade a situação em que ela e seu marido se colocam com relação a casa é que causa um certo estranhamento e insegurança, dos motivos.. A Sra. Dudley até que parece aquela tia maluca, se é que me entendem.. porém com um "Q" de verdades e muitas explicações nas entrelinhas que ainda não temos conhecimento no começo.
Assim como todas as histórias de casas mal assombradas, a Casa da Colina tem uma história e  aí vamos conhecemos a história da família Crain e o que ocorreu no tempo de permanecia da mesma na residência.
O que achei:
Eu adorei a leitura tanto quanto amei assistir a série. E se é possível modificar algo e melhorar em uma outra perspectiva, isso foi feito no original Netflix, na minha opinião.
O livro é excelente, tem aquele terror psicológico e um friozinho na barriga conforme vamos virando as páginas.. Assim como o seriado. As histórias do livro e seriado são diferentes em vários aspectos o que torna a experiência ainda mais interessante e me fez amar, tanto livro quanto série. 
Quem está aguardando um terror cheio de pessoas decepadas e mortes sangrentas, veio ao lugar errado. Essa história, como eu disse no começo, é um clássico antigo do terror.. Então esperem por muito terror psicológico e um enredo bem delineado e com bases mais sólidas do que vemos nos filmes ou livros de terror atual.. 
Beijos, e espero que tenham curtido a minha opinião!
Depois faço um post falando somente da série.. 

Um comentário

  1. eu vi a serie e me APAIXONEI pela historia, mt além da pegada do terror o melhor é todo o drama familiar, com certeza quero ler o livro tbm

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir