Resenha: Dumplin - Dumplin' #1 - Julie Murphy

Editora: Valentina
Série: Dumplin #1
Páginas: 336
Ano: 2017
Gênero: Jovem adulto / Literatura Estrangeira / Romance

*Acervo pessoal*

Renhista convidada
Andynha

Sinopse: Especialmente para os fãs de John Green e Rainbow Rowell, apresentamos uma destemida heroína e sua inesquecível história sobre empoderamento feminino, bullying, relação mãe e filha, e a busca da autoaceitação. Sob um céu estrelado e ao som de Dolly Parton, questões como o primeiro beijo, a melhor amiga, a perda de alguém que amamos demais e “estou acima do peso e ninguém tem nada com isso” fazem de Dumplin’ um sucesso que mexerá com o seu coração. Para sempre. Gorda assumida, Willowdean Dickson (apelidada de Dumplin’ pela mãe, uma ex-miss) convive bem com o próprio corpo. Na companhia da melhor amiga, Ellen, uma beldade tipicamente americana, as coisas sempre deram certo... até Will arrumar um emprego numa lanchonete de fast-food. Lá, ela conhece Bo, o Garoto da Escola Particular... e ele é tudo de bom. Will não fica surpresa quando se sente atraída por Bo. Mas leva um tremendo susto quando descobre que a atração é recíproca. Ao contrário do que se imaginava – a relação com Bo aumentaria ainda mais a sua autoestima –, Will começa a duvidar de si mesma e temer a reação dos colegas da escola. É então que decide recuperar a autoconfiança fazendo a coisa mais surreal que consegue imaginar: inscreve-se no Concurso Miss Jovem Flor do Texas – junto com três amigas totalmente fora do padrão –, para mostrar ao mundo que merece pisar naquele palco tanto quanto qualquer magricela.

“As melhores coisas que aconteceram na minha vida começaram com uma música da Dolly Parton.”

Li este livro muito por acaso e fiquei feliz de ter lido e mais feliz ainda ao descobrir que o mesmo irá virar um filme e em breve poderemos ver alguns dos bons momentos da leitura em tela grande. 

‘DUPLIN’ não é O LIVRO, mas com certeza é uma daqueles que nos fazem pensar um pouquinho depois do final e descobrir quem somos e o que queremos ser ou fazer da vida. Sem ninguém ficar nos rotulando ou jogando para baixo. A personagem busca em sua vida cheia de altos e baixos uma maneira de seguir em frente, mas sabemos que é difícil, principalmente porque a Sociedade impõe um padrão – alta, magra, loira, escovada. Se você foge um pouco disso parece que não pode estar feliz ou tem algum tipo de doença. 

A leitura foi uma maravilha, flui super bem, você segue pelas páginas e quer descobrir mais sobre Will e sua melhor amiga, Ellen e como os concursos de beleza (e a paixão da sua mãe por dietas e querer que ela fica no padrão ‘aceitável’) moldaram a personagem. O livro fala sobre bullying, amizade, paixões, como a gente mesmo se vê. Porque as vezes a gente que coloca mais problemas na vida do que realmente existe. 

A personagem é forte, corajosa, valente e um tanto ousada. Sabe o que quer e tenta correr atrás das coisas. É daqueles personagens que a gente já gosta logo de cara. Claro que torcemos para mil coisas acontecerem, mas a trajetória da personagem é interessante e passa uma mensagem forte e positiva. Este é um dos pontos fortes do livro! 

Entre empregos de verões, brigas, vencer preconceitos, se descobrir quem é e/ou o que quer ser, amizades e empoderamento. Dumplin’ é o livro do momento, uma escrita cativante com um bom enredo, com tudo na medida certa para que a gente se apaixone do início ao fim.

Andynha

Um comentário

  1. Oi Andynha

    Li ano passado o livro e gostei demais!
    Esperando pra assistir ao filme!

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir