Resenha: Até onde o amor alcança - Júlio Hermann

Editora: Faro Editorial
Páginas: 176
Ano: 2019
Gênero: Jovem adulto / Romance

Sinopse: Talvez estar apaixonado seja uma das melhores sensações da vida. Saber que existe alguém que faz seu coração bater tão forte alegra o nosso dia, mas abrir o coração e deixar tudo para trás quando o amor acaba pode ser difícil. Mostrar vulnerabilidade, raiva, tristeza, perdão e reconhecer erros é o melhor caminho para crescer de verdade.

“Ninguém avisa a gente que amar faz a pele arder e o peito dilatar, seja com as coisas dando certo ou não. Contos de fadas não duram muitos dias na vida real, o amor é o que faz tudo valer a pena. Torço para que você seja feliz, e que possamos caminhar juntos. Hoje eu quero o para sempre, mesmo sabendo que não posso controlar tudo. Há coisas minhas que são tão suas, a ponto de eu não ter coragem de colocar uma roupa nova sobre elas, porque eu não quero te esquecer.”

“Foi muito bom te reencontrar nesse processo. Nas viagens de carro que fizemos, nas noites em restaurantes baratos e nos domingos de carnaval fechados em nosso próprio mundo, nós construímos algo especial.”

“Suportamos isso. Ignoramos inclusive as partes chatas da existência. Esses momentos difíceis retornam, de vez em quando. Contudo podemos nos perdoar e ter novas chances.”

JURAMOS QUE DURARIA PARA SEMPRE MESMO SABENDO QUE O AMOR NÃO VIVE DE PROMESSAS, MAS NÃO VAMOS DESISTIR!

**Autor do sucesso “Tudo que acontece aqui dentro”




Olá, hoje vim falar de uma leitura que me deixou completamente de quatro do começo ao fim; Júlio Hermann tem um talento que toque bem lá no fundo do nosso coração e mesmo os leitores que não são românticos ou tem por hábito ler livros de romance, se pegam arrebatados por suas palavras! 

"Me perguntaram se eu preferiria morrer a viver na miséria.
Precisei pensar um pouco.
O amor me deixou miserável tantas vezes.
E todas as vezes que isso aconteceu, 
valeu a pena.
Prefiro viver, eu respondi.
As misérias não duram para sempre."

E com essa citação de impacto já me liguei que essa seria uma leitura extremamente arrebatadora em todos os sentidos!
Esse não é mais um livro de romance comum, com uma história clichê ou coisa assim, na verdade Júlio Hermann fala sobre o amor e suas diversas nuances, ele nos faz realizar uma reflexão profunda sobre a vida, sobre o amor, sobre o que passamos ou iremos passar, ou fizemos alguém passar e sentir;  e principalmente, sobre nós mesmos! 

Nada é tão insuportável, ou ruim, ou desastroso, ou doloroso que dure para sempre! Tudo tem um fim e um novo recomeço ou começo nos espera.. Sempre disse isso aos meus filhos e esposo e o livro em questão trata disso e de tantas outras coisas que é até uma resenha difícil, pois se falar demais estraga a surpresa de casa um!

 "Para ser sincero,  a única coisa que eu queria é que as pessoas entendessem que o que acontece aqui dentro não é tão diferente do que se passa do lado de fora".

Nem sempre o amor é belo ou pleno, como muitos dizem, ou sonham. Podemos sofrer, fazer sofrer e até mesmo desiludir. O amor pode machucar, ou nós podemos machucar, temos sempre que ter em mente que esse sentimento é dotado de tanta complexidade que chega não ter fim as inúmeras referências que pode-se fazer a ele. As pessoas ou os livros costumam sempre exaltar o belo, o final feliz, o romance em si, a beleza; Júlio Hermann veio nos contar o outro lado, sim! Tem um outro lado, aquele em que sofremos, choramos, entristecemos e por aí vai!

A escrita do autor é incrível e com ela os sentimentos extravasam às páginas e nos atinge em cheio!

Quem ainda não leu, leia!
Beijos.

15 comentários

  1. Olá, tudo bem? GURIAAA, preciso confessar que surtei quando vi essa tua postagem, hahaha. Eu sou simplesmente louca pelo Júlio e pelo outro livro dele, que já tive a oportunidade de ler, e comprei esse na pré-venda, mas ainda não recebi, juro que estou quase enlouquecendo, hahaha. Que resenha mais linda, eu amei! (tu me deixou ainda mais ansiosa para receber meu exemplar)

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Menina, o livro parece ser daqueles que só faltam dizer "senta aqui que quero te explicar o que é realmente o amor". Imagino o encanto em folhear as páginas e ir se identificando com a história. Gostei demais da proposta.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem? Tô bem afastada do amor romântico, porque tenho priorizado outras leituras, então não leria este livro, mas fico feliz pela indicação, não o conhecia. Ainda não li nada do autor, mas ele está na minha wishlist há um tempo.

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro e confesso que, se fosse só pela capa, eu não leria. Porém, lendo a sua resenha fui ficando cada vez mais interessada. Parece ser uma leitura cativante e sensível, com uma mensagem muito bonita. Também acredito que o amor não é esse sentimento perfeito que as pessoas idealizam, afinal, quem nunca sofreu por amor né? Mas é lembrar que todo sofrimento passa e que dele vêem lições importantes.
    Adorei sua resenha e já anotei a dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oie, tudo bom?
    Já coloquei na minha lista de desejados! Amei muito essa citação, e apesar de curtir um clichê, adoro romances mais profundos assim. Darei uma chance assim que possível ❤

    ResponderExcluir
  6. Eu adoooro a escrita desse autor. São sempre textos lindos e reflexivos. Que bom saber que esse livro também é maravilhoso assim. ♥ Quero muito ler!
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? Já li outro livro do autor e amei! Esse já adiciona na minha listinha, e espero ler em breve. Gosto de leituras arrebatadoras de sentidos, e só pela capa vejo que a edição está linda <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu amo a escrita do Júlio.
    Seus textos se mostram tão viscerais. Não é pra qualquer um abrir o coração, mostrar o sentimento que deveria ser o ápice para o ser humano, e suas nuances.
    A Faro Editorial mais uma vez arrasou na edição.

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  9. Ah, resenhas assim me deixam louca! Fico querendo ler o livro e frustrada por não poder iniciar a leitura imediatamente. :(

    Amo livros que nos fazem refletir. Que mexem profundamente com nossas emoções, que nos fazem questionar a forma como temos agido, o que temos pensado, como nos relacionamos com os outros. E o amor tem tantas nuances! Muitas vezes pode sim ferir, mesmo quando não é a intenção da pessoa. Me pergunto quantas vezes eu talvez tenha magoado alguém sem perceber. Da mesma forma que dói lembrar o quanto o amor já me feriu, o quanto este sentimento tão lindo e mais poderoso do que qualquer outro sentimento, já me magoou. Faz parte da vida. E como você disse, nada de ruim dura eternamente, uma hora vai passar. E sempre, sempre vale a pena acreditar no amor e mergulhar neste sentimento.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Prefiro viver sempre independente dos perrengues que fazem parte da caminhada. Adorei os quotes e a sua resenha está plena. Dica mais que anotada, quero conhecer o autor e sua escrita.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  11. Ola Karine! Que resenha mais linda, meu Deus! Mas de fato esse livro merece algo nesse estilo mesmo. Tive a oportunidade de conhecer o Julio na tarde de autografos e fiquei extremamente encantada com o autor. Quando tive a oportunidade de abrir o livro e conferir algumas paginas, recebi varios tapaas na cara que me fizeram enxergar as coisas de outra maneira. Não vejo a hora de poder devorar esse livro!

    beijos

    ResponderExcluir
  12. A forma como você encerrou a resenha me deixou emocionada pela sensibilidade das suas palavras e realidade do que escreveu. O livor tem uma premissa bem interessante e fiquei animada em ler.
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá

    O que eu percebi é que Júlio não romantiza o amor.
    Ele mostra que as misérias estão para todos. Não importa o saldo no banco ou a cor da pele. O amor sempre nos coloca num deserto por um tempo e dificilmente algum sofrimento dure tanto e também pensar que tudo é puro crescimento pessoal.

    Beijos e quero muito ler esse livro.

    ResponderExcluir
  14. Eu ainda não li nada do autor, mas estou com muita vontade de ler este livro, a premissa dele é muito interessante e acho a capa linda. Gostei de ver você falando sobre ele, é uma leitura que espero poder realizar em breve e espero gostar. Parece ser emocionante e não vejo a hora de ler.

    ResponderExcluir
  15. Olá Karini!!!
    Ando tão desatualizada que não conhecia o autor e suas obras, mas fiquei achando muito interessante que ele traz o outro lado desse sentimento que muitas pessoas tem receio de falar.
    Adorei os quotes colocado e fiquei curiosa em ler.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir