Resenha: Letal Lee - Coburn #1 - Sandra Brown

Editora: Rocco
Série: Coburn #1
Páginas: 432
Ano: 2019
Gênero: Ficção / Literatura Estrangeira / Romance policial / Suspense e Mistério 

Sinopse: 
Uma história policial que parece saída de noticiários do mundo inteiro, com múltiplos assassinatos, tráfico de drogas, prostitutas escravizadas e contrabando. Assim é o Letal, thriller no qual a veterana Sandra Brown constrói uma trama extremamente realista, sem deixar de lado o suspense e o erotismo característicos de suas narrativas.

No livro, um homem ferido, acusado de assassinar sete pessoas, se esconde no quintal da jovem viúva de um policial, tomando a mulher e sua filha de quatro anos como reféns enquanto tenta escapar de seus perseguidores pelas estradas e rios da Lousiana, nos Estados Unidos. Afirmando-se inocente, ele busca respostas para crimes cometidos por uma rede bem organizada, cujos integrantes estão camuflados em papeis sociais distintos.

Sem fixar a trama no casal de protagonistas – o fugitivo que se apresenta como um estivador de passado desconhecido seria um agente federal infiltrado para descobrir a quadrilha –, Sandra Brown traz, em cada capítulo, teses que são desconstruídas por diferentes personagens. Até a situação das reféns é questionada – teria a jovem viúva se envolvido com seu captor e tornado-se sua cúmplice? – por pessoas que estariam ou não à frente desses mesmos crimes. O próprio marido da viúva tem sua integridade posta em dúvida. Morto em acidente de carro, ele poderia ter investigado ou fazer parte da folha de pagamento dos criminosos, que aliciam policiais de todas as esferas para encobrir ou mesmo praticar falcatruas.

Enquanto a trama se desenrola, Sandra Brown não esquece dos dramas paralelos da vida de cada personagem. Um matador contratado pelo Contador, o codinome do chefe da rede criminosa, hesita em eliminar uma testemunha – uma adolescente prostituída por quem se apaixona. Um dos policiais federais e sua mulher se dedicam incansavelmente a cuidar do filho com paralisia cerebral desde o nascimento, que levou a mãe a deixar de lado a carreira profissional e impediu o casal de realizar os sonhos de conhecer o mundo e ter uma vida sofisticada. A melhor amiga da jovem viúva é uma mulher que cresceu nos negócios ao casar-se com homens mais velhos bem-sucedidos. As críticas ao comportamento de todos surgem nos comentários de cada participante desta trama, cujo senso de realismo serve como base para o leitor se enredar em desvendar cada mistério.



Olá meus queridos, como vocês estão? Eu estou bem doente e por conta disso de molho e lendo bastante, além de estudando também (avaliações parciais) Dentre os livros lidos recentemente, foi o sensacional "Letal" da querida "Sandra Brown". Sou suspeita para falar, eu sei! Mas, adoro a escrita da autora e amo o gênero!

Mais uma vez a autora trouxe uma história bem escrita e que me prendeu do começo ao fim, me deixando intrigada e ávida por mais, e sem aquela impressão de saber o que viria a seguir, eu realmente não sabia o que diabos Coburn queria com a viúva do falecido policial e porque diabos ele havia cometido assassinato em massa parecendo ao mesmo tempo um cara frio e brutal, sem paciência e sem nada realmente a perder, e em dado momento se mostrou totalmente sem intenção alguma de ferir a viúva e sua doce e inocente filhinha; a criança tem apenas quatro anos então pode-se imaginar que uma mãe em uma situação de vítima de um homem massacrado pela mídia como brutal e em uma caçada humana estando dentro de sua residência teria qualquer coisa de uma mãe para manter sua fila segura e é exatamente assim com Honor, ela se vê a mercê daquele homem, mas com seus nervos a flor da pele, em muitos momentos imaginando como poderia reagir e quem sabe dar cabo dele ou daquela situação, mas sem realmente tomar uma atitude, pois a todo instante o homem deixa claro o que poderia fazer ou que não tem nada a perder; porém sem dizer o que exatamente está procurando em sua casa; sempre dando a entender apenas que seu falecido marido possuía um tesouro que seria do seu interesse e ela alegando que se ele possuísse qualquer coisa de valor ela saberia e claro, ele desconfiando dela.

Essa situação "vítima x opressor" se arrasta por um período e aos poucos vemos a situação passar por inúmeras nuances e então percebemos que aquele cara disposto a tudo e que cometeu um massacre, não vai matar de fato Honor e sua filha, quando ela o ataca, ele deixa isso bem claro, pois ele fica bem nervoso, dizendo que poderia tê-la machucado e que essa não era a intenção dele e ali, percebemos uma mudança na situação e pouco a pouco, também vamos percebendo que pessoas que são "amigas" de Honor, podemos não ser tão amigas assim, e poder não querer seu bem, ou estar envolvidas naquilo que deveria ter sido um "acidente" que provocou a morte do seu marido. E com isso seus amigos seriam seus inimigos e seu inimigo se tornaria seu amigo?

A confusão estaria armada?  O que de fato estaria acontecendo? O que aconteceu no passado e o que está ocorrendo no presente que deveria ser tão tranquilo de Honor? Uma simples professora criando sua filha de quatro anos afastada da cidade, tranquila, em uma cidade supostamente pacata, com a presença de um sogro que busca atender os paparicos da neta e cuidar da nora da melhor maneira que pode? A autora consegue nos trazer dúvidas a todo instante a cerca dos personagens da trama, não temos certezas de quem é bom ou não, de quem fez ou o que ou por qual motivo.. de quem sabe ou não algo.. E isso é bem legal, pois o suspense se mantém a todo instante!

Sandra Brown é mestre em escrever um bom suspense e não perder a mão em nenhum trecho de sua trama prendendo o leitor e conquistando-o a cada virada de página!
Eu curto demais seus livros e suas tramas! Fico muito feliz por ter lido mais um livro da autora.

Super recomendo.
Beijos!



12 comentários

  1. Gosto muito de livros com histórias de suspense, e esse livro tem uma história que vai prender muito os leitores, gostei de saber que a autora deixa no livro dúvidas a cerca dos personagens deixando a trama ainda mais eletrizante, gostei muito da recomendação do livro, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que possa ler. Esse livro é muito bom. Aliás, os livros da Sandra são é a editora dez um ótimo trabalho na edição.
      Beijos.

      Excluir
  2. Oiii Karini

    Eu tenho muita curiosidade em ler esse livro desde que foi publicado, parece ser o tipo de suspense que vai me prender até o final. Além disso nunca li nada da Sandra Brown, uma autora que sempre está sendo elogiada no Goodreads, por isso gostaria de conferir pra conhecer a escrita dela.

    Beijos, Alice

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que vai amar os livros da Sandra! Ela é incrível! Beijos.

      Excluir
  3. oi!
    A trama do livro é muito bem planejada e a escrita é bem rica :D e e empolgante. Gostei muito do livro ;)

    ResponderExcluir
  4. Eu simplesmente amo livros nessa temática. Esse eu confesso que ainda não conhecia, mas pela sua resenha ele parece ser excelente. Já quero ler.
    Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então leia. Vale a pena. Eu amei. Adoro a escrita da autora. Beijos.

      Excluir
  5. Eu já fiquei super curiosa para desvendar os segredos dessa história, se o personagem era mesmo tão perigoso e o que ele realmente queria com a viúva. Amo livros do gênero e esse já vai pros meus desejados, e olha que se fosse só pela capa ele me passaria despercebido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois realmente essa situação que me intrigou inicialmente. Um homem mega perigoso que depois queria algo de uma viúva aparentemente inocente e cheia de amigos que nem parecia tão amigos assim. Bom. Tem muito mistério!
      Leia se tiver oportunidade. Beijos.

      Excluir
  6. Adoro ler livros desse gênero, me prende até o final da leitura. adorei a resenha

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem? Gente que indicação mais incrível. Quando vi a divulgação desse livro no instagram me chamou atenção num primeiro momento pelo nome. Quando focamos no título já sentimos que a história será forte e imaginamos o que está por trás de toda narrativa. Realmente a autora trouxe diversos elementos isso mostra o quanto ela foi criativa e soube trabalhar tantas situações distintas. Ele já estava na minha listinha depois da sua resenha fiquei ainda mais curiosa para ler. Um bom suspense que merece atenção. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir