Resenha: The Chase - A Busca de Summer e Fitz - Briar U #1 - Elle Kennedy

Editora: Paralela
Série: Briar U #1
Páginas: 300
Ano: 2019
Gênero: Ficção / Literatura Estrangeira / Romance

Sinopse:  Bem-vinda de volta aos jogos de hóquei e às festas da Universidade Briar! No primeiro spin-off da série Amores Improváveis, conheça a apaixonante e misteriosa Summer, irmã de Dean.

Todo mundo diz que os opostos se atraem. E deve ser verdade, porque não tem nada que explique minha atração por Colin Fitzgerald. Ele não faz meu tipo e, o pior de tudo, me acha superficial. Essa visão distorcida que ele tem de mim é o primeiro ponto contra. Também não ajuda que ele seja amigo do meu irmão.

E que o cara que mora com ele tenha uma queda por mim.
E que eu tenha acabado de me mudar para a casa deles.

Mas isso não importa. Estou ocupada o bastante com uma faculdade nova, um professor que não larga do meu pé e um futuro incerto. Além do mais, Fitzy deixou bem claro que não quer nada comigo, embora tenhamos uma química de dar inveja a qualquer casal. Nunca fui de correr atrás de homem, e não vou começar agora. Então, se o meu roommate gato finalmente acordar e perceber o que está perdendo…
Ele sabe onde me encontrar.

CONTEÚDO ADULTO




Olá leitores, esse é um estilo de livro que eu não costumo ler com frequência, quem me conhece, sabe que não sou grande fã de romances, sempre preferindo outros estilos, tais como, fantasia, distopia, thrillers, suspenses e etc.. Mas as vezes é bom sair da zona de conforto e me aventurar em leituras não costumeiras e dito isso, fiquei bem surpresa com The Chase, pois eu realmente não esperava o que encontrei. Achei que seria apenas mais do mesmo e algo bobo, mas Elle Kennedy conseguiu prender minha atenção completamente e me rendi ao seu romance. 

Vamos ao livro:

Summer tem TDAH - Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade, o que me chamou atenção de cara, pois antes de ser estudante Letras, eu sou enfermeira, e adoro quando os livros trazem patologias e questões tão pouco mencionadas no dia a dia e até mesmo nas histórias. Continuando.. Summer é insegura, e tida como patricinha superficial. Ela é bonita e rica, e chama bastante atenção e com isso vem os comentários das pessoas sobre sua suposta personalidade ou quem ela é. Como ela é insegura por conta de sua patologia. 

Summer acaba sendo expulsa da Brown e com isso, após seus pais darem um "jeito" ela vai para a Briar, onde seu irmão estudou e tem conhecidos e amigos seus. Briar é conhecida por seus jogadores de Hóquei, um em especial, Colin Fitzgerald. Só que a vida de Summer não está nada como esperado, já que nem aceita no dormitório ela foi, pois as garotas da fraternidade não a aceitam, com isso, não tem outra forma a não ser pedir ajuda do seu irmão Dean, que consegue para Summer uma vaga para morar na casa de três jogares de Hóquei, Hunter, Hollis e Colin. O menino que já a ignorou e parece não dar a mínima para ela; mas que opção ela tem?

Colin, apesar de ser um astro local, é reservado e tranquilo, ele é nerd, cria jogos de vídeo game, joga hóquei e ainda estuda. Ele deveria ser como os outros quem sabe, estar por aí curtindo a fama e pegando geral, mas não, ele é introspectivo e o completo oposto ao que se espera de uma das estrelas da Universidade.

Summer vai se encontrar na Faculdade de moda, e por conta de sua patologia, apesar de encontrar o seu verdadeiro talento, ela vai lutar contra sua patologia para conseguir adiante. Além disso ela consegue uma nova amiga, Brenna e as coisas começam a mudar, ela passa a ter pensamentos diferentes sobre si mesma e outros e é quando escuta Colin chamando ela de patricinha mimada, ela resolve provar que ele está completamente enganado ao seu respeito.

Muita coisa está por vir e vou parar por aqui, para não estragar a surpresa.

Eu realmente curti muito essa leitura e fiquei surpresa por isso. Adorei a escrita da autora e a forma como os personagens foram dispostos para nós. Sei que a autora tem muitos fãs, não posso dizer que me tornei super fã, mas realmente curti muito o que eu li!

Beijos.

8 comentários

  1. Oi! Eu não li nenhum dos outros livros dessa série, então acho que estou meio perdida com esse, mas acho que é uma boa série, o pessoal elogia bastante. E parece ter aquelas histórias de amor bem fofinhas, com alguns clichês que estamos acostumados a ver, mas que gostamos sempre de ler.. Obrigada pela dica!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  2. Oi, Karini!
    Eu não conhecia a autora nem o livro, mas como parece não ter sido traduzido ainda, até faz sentido eu não conhecer.
    Até gosto de romances, mas essa pegada que a autora trabalha não é muito o meu estilo e por causa disso, irei pular a dica.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oii, tudo bem?

    Já li algumas resenhas sobre esse livro, mas também não é muito o meu estilo de leitura. Também fiquei bem curiosa sobre o TDAH da personagem, pois não costumo ver livros que falam sobre.
    A história parece bem fofa, e eu fiquei bem curiosa para ler o livro.

    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Li esse livro e gostei bastante de conhecer Fitz e Summer, assim como poder rever os personagens da série. Elle Kennedy tem uma escrita bem envolvente e a leitura flui fácil.
    Espero que a editora traga o restante dos livros em breve.

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  5. Oi Karini!
    Eu li todos da série Amores Improváveis e são muito bons, esse ainda não li, mas já está na minha lista. Parabéns pela resenha apesar de você ter falado que não curti muito esse gênero, sua resenha ficou ótima, estou muito empolgada para ler a história de Summer. Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Oi Karini,
    Conheci a autora Elle Kennedy em "Ele - Quando Ryan Conheceu James" que ela escreveu junto com Sarina Bowen. Amei a escrita das duas e quando fiquei sabendo do lançamento de The Chase quis ler imediatamente, mas achei melhor começar pela série Amores Improváveis. Sua resenha me fez querer ler o livro ainda mais.
    Beijos,
    André | Garotos Perdidos

    ResponderExcluir
  7. Oi Karini, que bom saber que você curtiu a leitura. Eu gosto de romances e sou curiosa para ler algo da autora, achei interessante termos uma mocinha com esse transtorno, acho que ainda não li nada com um personagem com essa característica.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Fiquei interessado nessa leitura, ainda mais em saber que um dos personagens tem TDAH, o que deixa mais intensa e emocionante a história. Anotei a dica, pois fiquei bem curioso.

    ResponderExcluir