Resenha: Feitos De Sol - Vinícius Grossos

Editora: Faro Editorial
Páginas: 256
Ano: 2019
Gênero: Ficção / LGBT / GLS / Romance

*Cedido em parceria* 

Sinopse: E se você soubesse que o mundo está prestes a acabar, qual seria o último momento que você gostaria de guardar para sempre? E se fosse sua última chance de seguir seu coração e descobrir um mundo novo de possibilidades? E se você encontrasse o verdadeiro amor prestes a enfrentar o bug do Milênio?

Essas eram algumas das dúvidas que Cícero tinha em mente, no auge de seus 15 anos e prestes a vivenciar a virada dos anos 2000. Mas tudo isso mudou no instante em que Vicente atravessou o seu caminho e colocou tudo de pernas para o ar.

A Faro Editorial lança em julho “Feitos de Sol”, o novo romance de Vinicius Grossos, um dos mais amados autores nacionais de YA. Vinícius incluiu nesta obra cenas que ele próprio viveu: a luta por aceitação em um lar religioso e o medo do fim do mundo.

Neste romance, vamos acompanhar os planos finais de dois meninos que viram suas vidas se entrelaçarem quando um grande desastre estava prestes a acontecer. Vicente, um jovem reprimido por uma família extremamente religiosa e conservadora. Cícero, um garoto criado apenas pela mãe com muito carinho, mas com enormes dúvidas quanto ao seu papel no mundo.

Unidos pelo destino em busca da última edição de uma revista da qual eram fãs, Vicente e Cícero vão descobrir o valor da amizade e do primeiro amor, o peso do ódio e do preconceito, e meio a momentos inesquecíveis em uma das décadas mais fantásticas: os anos 90. Um a história delicada e divertida sobre o primeiro amor e suas consequências.



"Feitos de Sol" é uma obra que mexe com a sensibilidade do leitor ao trabalhar de forma tão delicada a temática do primeiro amor.

A história é narrada pela perspectiva de um Cícero já adulto, que viaja em suas memórias ao retornar para o local onde cresceu e que guarda os momentos mais importantes do seu crescimento: a descoberta da sua própria sexualidade.

As lembranças são do ano de 1999, quando o mundo estava frenético com receio do bug do milênio e Cícero iniciava a descoberta do sexo com sua melhor amiga Karol. Os dois ficavam sem compromisso, explorando as necessidades do corpo e descobrindo o que gostavam e não gostavam.

Cícero é um garoto tímido, que fez do quarto o seu mundinho, rodeando-se de histórias em quadrinhos e jogos. E é quando Cícero saí a procura do último volume de uma série que ele ama que acaba conhecendo Vicente.

Vicente também é fã de quadrinhos, mas como tudo em sua vida, deve manter em segredo. Seus pais são religiosos fervorosos e não admitem que o filho tenha alguma liberdade ou que goste de algo que eles não aprovem. Só que Vicente sabe bem quem é e está ciente de que se admitir seu verdadeiro eu, algo ruim poderá acontecer.

A história vai girar ao redor da interação dos dois adolescentes, além de contar as aventuras da Karol em busca de sua liberdade sexual. É uma história atemporal, pois a descoberta da sexualidade é um rito de passagem de todos os seres humanos, o que torna a leitura fácil de se identificar.

O autor trabalha temas como a amizade, a sexualidade, o preconceito, a fé e os preceitos familiares para discutir um enredo recheado de referências da década de 90, embalado ao som de músicas inesquecíveis.

Os personagens são vibrantes e carismáticos e Cícero, Vicente e Karol representam uma geração que vive com espontaneidade, coragem e coração!

"Isso me torna alguém que gosta de pessoas e não se preocupa muito com o sexo delas. Por que a gente tem que se definir? Sou muito nova. Somos jovens." (pág. 63)

12 comentários

  1. Este é meu primeiro contato com a esta história e admito que me surpreendi, não imaginava que se trataria de uma leitura tão interessante e de fácil envolvimento. Gostei muito.

    ResponderExcluir
  2. Oi, esse livro será uma das minhas próximas leituras e estou bem animada para conhecer a história. Acho super interessante a ambientação nos anos noventa.

    ResponderExcluir
  3. Oiê!
    Não conheço nem o livro, nem o autor. Embora eu já tenha ouvido falar do autor em outros blogs.
    Nunca li nada dele, e esse estilo não é dos meus gêneros preferidos. Mas, eu adorei sua resenha. Eu cresci nos anos 90, e acho que as referências à época, músicas e tudo o mais, me seriam bastante agradáveis!!!
    Eu acho que se tiver a oportunidade, eu encaro essa leitura, hein?
    Adorei sua resenha. Abração

    Carol, do Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
  4. Oi Karini, eu li tua resenha no Ig. Este livro parece muito fofo, estou louca para ler, comprei ele na pré venda e veio autografado. Amo o Vini.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oiii

    Parece mesmo ser um livro intenso e tocante, eu gostei de saber que o autor trabalha e explora tantos temas diferentes e que os personagens são bem construidos, possuem seu brilho. Nunca li nada do Vinicius, mas achei esse livro dele super interessante, alem da capa que está espetacular.


    Beijos, Alice

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!! :)

    Eu confesso que nao conhecia este livro ainda, mas acho otimo que tenhas apresentado e dado a tua opiniao!

    Enfim, acho otimo que tenhas gostado de fazer a leitura! E que a liberdade sexual tenha sido bem abordada!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem? Achei a proposta desse livro tão linda. Vi algumas pessoas indicando e fiquei curiosa para saber o motivo de tantos elogios. E só pela sinopse já sentimos que a história é cheia de sentimentos. Gostei também de trazer a amizade como um dos temas. Espero ler em breve. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  8. Eu achei a capa desse livro tão linda, ela mostra que teremos uma história intensa e estou muito curiosa para ler. Gostei de ver a sua resenha, pelo que você disse eu acho que vou gostar bastante da leitura.

    ResponderExcluir
  9. Adoro livros que mexem com os sentimentos. Esse, pelo jeito, é aquele que aquece o coração e traz muitas reflexões, estou certa? Gostei bastante da sua resenha e também da mensagem livro. Fiquei curiosa.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  10. O Vini tem um total de zero defeitos! Foi uma amizade que o mundo de blogs me trouxe e eu sou uma pessoa muito feliz por ser amiga dele!
    O trabalho dele é incrível e esse livro também é muito lindo e muito perfeito, eu sou suspeita pra falar sobre livros LGBTQIA+ e sobre o Vini hahahahahahahaha
    amei! <3

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?

    Com a sua resenha, fiquei com a sensação de que a temática LGBT foi abordada com suavidade, com carinho, acho isso legal.

    Como era uma loucura isso, dos anos 2000, né? Hehehe.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  12. Olá...
    Ainda não conhecia o livro, mas, estou fascinada por tudo que li em sua resenha parece ser uma obra fantástica! Já quero ler <3
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir