Resenha: Cilada - Harlan Coben

Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Ano: 2019
Gênero: Crime / Ficção / Literatura Estrangeira / Romance policial / Suspense e Mistério 

*Cedido em parceria*

Sinopse: RELANÇAMENTO COM NOVA IDENTIDADE VISUAL PARA CELEBRAR OS DEZ ANOS DE HARLAN COBEN NA ARQUEIRO. Em Cilada, Harlan Coben fala de culpa, luto e perdão em uma trama repleta de reviravoltas surpreendentes. Ninguém consegue escapar das próprias mentiras. Haley McWaid tem 17 anos. É uma aluna exemplar, ama esportes e sonha entrar para uma boa faculdade. Certa noite, quando ela não volta para casa e três meses transcorrem sem que se tenha nenhuma notícia, todos na cidade começam a imaginar o pior. O assistente social Dan Mercer recebe um estranho telefonema de uma adolescente e vai a seu encontro. Ao chegar ao local, é surpreendido pela equipe de um programa de televisão, que o exibe em rede nacional como pedófilo. Inocentado por falta de provas, Dan é morto logo em seguida. Wendy Tynes, a repórter que armou a cilada para Dan, se torna a única testemunha de seu assassinato. Wendy sempre confiou nos fatos, mas seu instinto lhe diz que Mercer talvez não fosse culpado. Agora ela precisa descobrir se desmascarou um criminoso ou causou a morte de um inocente. Na investigação dos dois crimes, verdades inimagináveis são reveladas. Todos têm algo a esconder e os segredos se ligam em um elaborado mosaico. 



Primeiro de tudo estou amando essa repaginada nas capas que a editora tem dado! 

Dan Marcer é assistente social, seu trabalho sempre consistiu na assistência a adolescentes e crianças. Divorciado, vida pacata, tem uma boa relação com a ex e a família dela. Sua vida seguia como sempre até receber uma ligação de uma adolescente aparentemente assustada pedindo ajuda e que ele a encontre em determinado local. Quando ele chega nesse lugar a procura da menina, ela está lá, responde, mas não aparece e ele acaba sendo surpreendido por luzes e câmeras em uma grande cilada! E a partir daí sua vida vira um pesadelo! 

Wendy Tynes é uma repórter sensacionalista e conhecida por armar armadilhas para pedófilos, e ela acaba pegando Dan em uma dessas armadilhas; ela tem provas que o ligam a um crime de pedofilia, e Dan acaba sendo acusado de pedofilia, porém é absolvido, sua vida vira um inferno e Wendy perde o emprego por conta disso. Dan fica indo de hotel em hotel até que é dado como morto e é aí que a polícia encontra o celular da tal adolescente no último hotel que ele ficou!

Não satisfeita com tudo isso, Wendy, resolve investigar e quando mais cava o passado de Dan, mais coisas estranhas e pessoas aparecem. A dúvida paira sobre se Dan era ou não um pedófilo. Muitas reviravoltas vão ocorrer e o suspense é mantido a flor da pele por um fio a cada revelação, deixando o leitor eufórico por descobrir mais e mais! 

Coben tem em suas obras uma característica intrínseca que prende o leitor do começo ao fim em suas tramas bem elaboradas e cheias de surpresas! Quando você pensa que entendeu tudo, ele vem e te confunde novamente! Adoro livros do gênero e sem dúvidas amo os livros do autor!  Que não são apenas mais livros de thrillers ou suspenses psicológicos, mas levantam assuntos pertinentes a discussões e reflexões, como o da pedofilia, abuso de álcool, perdão, sentimentos e outros! Suas páginas são permeada de muitas emoções e reflexões, além de muita adrenalina e diversão em desvendar o caso! 

Um livro para ser apreciado e devorado pelo leitor em um sentada!

6 comentários

  1. tbm adorei a nova capa, sempre quis ler alguma coisa desse autor e esse parece uma ótima opção

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Estou achando lindas essas novas edições dos livros do autor! Nunca li nada dele, mas tenho bastante curiosidade. Esse livro parece ser mesmo incrível. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Olá! Eu também estou amando essas novas capas do Harlan Coben. Gostei da premissa, principalmente por ter um suspeito pedófilo... Acho que nunca li nada assim e fiquei abstante curiosa, como amo um suspense é um leitura interessante.

    Silviane, blog Memento MoriParticipe do Top Comentarista de Outubro

    ResponderExcluir
  4. Apesar de amar esse gênero literário, nunca li nada desse autor. Preciso dar uma chance e conhecer a sua escrita que é tão bem elogiada. Gostei da premissa desse livro

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  5. Olá

    É um dos meus favoritos do autor e um dos primeiros que li quando fui cativada por Seis anos depois em 2014. Depois daí vieram muitos de suas séries e lançamentos individuais.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Acredita que ainda não li nada do autor?! Pois é, tenho grande vontade, porém ainda não surgiu oportunidade. Com esse relançamento, e nova repaginação, me animei mais ainda. E sua resenha me deixou super curiosa com o conteúdo. Adorei e com certeza dica anotada!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir