Resenha: Sessão da Meia-Noite Com Rayne e Delilah - Jeff Zentner

Editora: Seguinte
Páginas: 408
Ano: 2019
Gênero: Ficção / Jovem adulto / Literatura Estrangeira / Romance

Livro solicitado e resenhado por mim no blog Livros e Chocolate Quente da minha amiga Andressa

Sinopse: Uma história contemporânea divertida e emocionante sobre amizade, filmes de terror trash e amadurecimento.

Toda sexta-feira, as melhores amigas Josie e Delia se transformam em Rayne Ravenscroft e Delilah Darkwood, apresentadoras de um programa de terror exibido em um canal da TV local. Com o final do ensino médio se aproximando, Josie precisa decidir se vai mudar de cidade para estudar em uma universidade grande e ir atrás de seu sonho de seguir carreira na televisão — mas isso significaria ficar longe de sua melhor amiga… Enquanto isso, Delia sonha que seu pai, um fã de filmes de terror que abandonou a família anos atrás, assista ao programa delas na TV e retome o contato.

Em um fim de semana, as duas resolvem fazer uma viagem para a Flórida, onde vai acontecer a ShiverCon, a maior convenção do universo do terror e o lugar perfeito para conseguir um contrato com uma grande emissora. Mas pode ser que um jovem lutador de MMA, um produtor de televisão excêntrico e um basset hound idoso acabem transformando a vida dessas melhores amigas de uma maneira inesperada.



Olá, quando solicitei esse livro foi tipo um tiro no escuro, eu não sabia o que esperar. Sabia que se tratava de um romance, gênero no qual eu não costumo ler com tanta frequência e foi na tentiva de fugir da minha zona de conforto que me deparei com a sinopse e resolvi arriscar!

Sessão da Meia-Noite Com Rayne e Delilah trás uma mistura gostosa de diversão, apreciação, devaneios e principalmente sobre amizade que me encantou do começo ao fim, trazendo momentos de risos, e choro e aguçando meus sentidos para muito mais do que eu esperava encontrar e me deleitar com a escrita de Jeff Zentner!

Aliás, para quem não sabe, é o mesmo autor de Dias de Despedidas que também teve um efeito em mim inesperado.. E eu nem tinha me atentado para isso até ter o livro em questão em mãos! Nesse livro conheceremos a história de Josie e Delia, amigas e que possuem um programa na tv local do Tennessee, nesse programa todas as madrugadas de sábado elas comentam filmes de terror trash da pior qualidade!

A Josie é Rayne nas sextas a noite na tv, e ainda que mantenha um programa com sua melhor amiga, ela nunca teve vontade de fato de aparecer na tv com histórias de terror, mas quando ela conheceu Delia, percebeu que através desse programa de terror, ela poderia alçar aquilo que ela realmente tinha interesse um dia!

Delia é Delilah na Sessão da Meia-Noite e esse programa é tudo para ela. Um sonho realizado, um orgulho por assim dizer! Seu pai era fã de terror trash o que a influenciou com certeza enquanto criança; mas seu pai um dia foi embora sem mais nem menos, quando ela era bem nova ainda, apenas sete anos, deixando Delia com sua mãe e nada além das fitas de seus filmes preferidos; esse programa para Delia, é uma forma de proximidade com sua infância, com o pai que a abandonou a quem ela ainda guarda recordações e se mantém saudosa; para Delia, em seus devaneios, um dia ele vai assistir ao seu programa e se orgulhar dela e trazer algum tipo de sofrimento ou punição pelo abandono. Sei que parece meio estranho alguém pensar assim, mas se pararmos para racionalizar a coisa, é um sentimento humano bem tangível, pois ela sofre pelo abandono, se ressente e ao mesmo tempo quer provar algo, e quem sabe recuperar algo.. são mistos de sentimentos muito palpáveis em situações como a de Delia.

A história toda se desenrola no último ano do ensino médio das meninas, e ambas estão passando por muita coisa. Josie está sendo pressionada por seus pais a aceitar um estágio, enquanto Delia contrata um detetive particular para tentar buscar o paradeiro daquele que a abandonou deixando lembranças doces e amargas. Josie tem plena convicção que aceitar o estágio seria um degrau imenso na direção de seus verdadeiros objetivos na vida, porém ela não quer deixar Delia sem mais nem menos, até porquê ela conhece sua vida e a forma como ela se sente pelo abandono que sofreu e o quanto isso tem influência em sua vida. E aí eis que Delia finalmente descobre o paradeiro do seu pai, que mudou completamente sua vida; mudou o nome e está por aí vivinho como se não tivesse deixado uma vida para trás, como se não tivesse deixado Delia.

E é quando elas recebem uma proposta para uma espécie de convenção de terror que em Orlando que Delia trama o que precisa fazer já que ela nunca esqueceu o abandono; se é que algo assim pode ser esquecido! Ir a essa convenção não apenas trará uma grande oportunidade ao seu programa e também poderá manter Josie consigo, como trará a oportunidade de ver de perto o que seu pai fez com sua vida e quem sabe confrontá-lo, para saber o que a atormenta a vida toda, porquê do abandono, porquê Delia não foi suficiente para fazê-lo ficar.. respostas que ela sempre quis saber e sempre ficaram vagas, jogadas no ar!

O livro tem uma carga emocional grande e ao mesmo tempo nos faz sorrir em diversos momentos, Jeff Zentner sem dúvidas sabe criar uma boa história e tocar o leitor bem fundo!

Estou encantada com todo o enredo e feliz demais por sair da minha zona de conforto e poder dizer que encontrei uma leitura muito especial!

Um comentário

  1. Amei sua resenha, confesso que quase não leio livros com essa temática, mas me ajudaria a sair da zona de conforto também! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir