Resenha: Daqui a cinco anos - Rebecca Serle

Editora: Paralela
Páginas: 291
Ano: 2020
Gênero: Ficção / Romance
* E-book recebido em Parceria com a Editora


Sinopse - Onde você se vê daqui a cinco anos? Dannie Kohan sabe exatamente o futuro que deseja e o que deve fazer para conquistá-lo. Depois de arrasar na entrevista para seu emprego dos sonhos em um dos maiores escritórios de advocacia de Nova York e de ser pedida em casamento pelo namorado, ela vai dormir com a certeza de que está no caminho certo para realizar todos os seus planos. Quando acorda, entretanto, ela está em um apartamento diferente, com outro anel de noivado no dedo e um homem que nunca viu antes ao seu lado. A televisão mostra que é a mesma noite — 15 de dezembro —, mas cinco anos no futuro. Depois de uma hora intensa e chocante nesse cenário, Dannie acorda de novo, de volta ao presente, como se nada tivesse acontecido. Profundamente abalada e sem entender o que houve, ela decide acreditar que foi apenas um sonho, por mais realista que tenha sido. E parece funcionar. Isto é, até quatro anos e meio depois, quando Dannie encontra o homem que viu naquela noite inusitada. Ao mesmo tempo divertida e emocionante, Daqui a cinco anos é uma história sobre lealdade, amor, amizade e a natureza imprevisível do futuro.

"Daqui a cinco anos" se passa em Nova York e é narrado em primeira pessoa por Danielle Koha, a Dannie. Dannie é uma protagonista de 28 anos que está prestes a ter sua entrevista dos sonhos em um escritório de advocacia, onde quer trabalhar como advogada corporativa e em alguns anos, se tornar uma das sócias.

Dannie é uma personagem metódica, analítica e muito organizada. Sua vida gira em torno de metas e muito planejamento. Tal necessidade de ter tudo planejado pode ser visto como entendiante ou sem graça, já que a vida da protagonista se desenvolve de forma tranquila e pacata. Até mesmo o seu relacionamento não tem altos e baixos, tudo é previsível.

David é um analista de investimentos no mercado financeiro, também tem 28 anos de idade e tem uma personalidade tranquila. A dinâmica do casal é mais do que calma. A personalidade dos dois se mesclam, concordam com praticamente tudo e até mesmo o pedido de casamento feito por David não foi nenhuma surpresa.

Afinal de contas, o casal sempre conversou sobre tudo. Mas a vida tem um jeito engraçado de causar reviravoltas.

Na mesma noite em que foi proposta em casamento, Dannie tem um sonho muito vívido em que ela estava no apartamento de outro homem daqui a cinco anos usando uma aliança de casamento diferente daquela que David escolheu.

Ao acordar desse sonho, Dannie não consegue tirar a imagem da cabeça, mas o tempo vai passando e ela deixa a vida seguir seu curso. Nem mesmo para a sua melhor amiga Bella a protagonista conta sobre o bizarro acontecimento.

Bella é o completo oposto de Dannie. Rica, ingênua e gosta de aproveitar cada momento da vida, sem planejar nada. As duas se conhecem desde criança e estiveram do lado uma da outra nos piores e nos melhores momentos de suas vidas. Suas personalidades opostas se complementam muito bem, porque dá um equilíbrio para as personagens. Enquanto uma precisa relaxar a outra precisa colocar o pé no chão.
"A proximidade dela é uma bênção para mim; e o meu silêncio, uma bênção para ela. Eu torno sua vida mais tranquila e estável. Ela torna a minha vida luminosa e exótica. Parece justo. Uma boa troca."
Quatro anos e meio se passam e Dannie está realizando os seus sonhos, assim como David, mesmo que a rotina atribulada não tenha permitido que os dois marcassem o casamento. Mas está tudo bem. Até o dia em que Bella pede para se encontrar com Dannie para apresentar o seu novo namorado: Aaron Gregory , o homem do sonho de Dannie.

Greg tira dos eixos a vida de Dannie, que não sabe reagir diante dele. Afinal de contas, como ela poderia sonhar com um homem que nunca viu e anos depois conhecê-lo?

Apesar da premissa diferente, confesso que o desfecho do livro foi inesperado. Pela sinopse, temos uma impressão completamente diferente do conteúdo, mas a surpresa foi bem-vinda. 

O livro vai falar das inúmeras formas de amor e sobre aproveitar a vida ao máximo. É uma história que fala de amizade e valores pessoais, mas também fala sobre aceitar os obstáculos que a vida impõe e fazer o seu melhor para ultrapassá-los. 
"Você está confundindo amor com outra coisa. Acha que o amor precisa ter um futuro para fazer diferença, mas não é assim que funciona. É a única coisa que não precisa evoluir para nada. Enquanto existir, faz toda a diferença. Aqui e agora. O amor não precisa de um futuro."

Nenhum comentário