Resenha: A ascensão de Lady Notley - Rachel Anderson

Editora: Pausa
Série: Tanglewood
Páginas: 208
Ano: 2020
Gênero: Romance
* Livro de acervo pessoal.

Sinopse - Ela é jovem, bela e esbanja alegria. Ele é um jovem sério e isolado pelo passado. O que poderá resultar do encontro desses dois? Quando o pai da Srta. Coralynn Notley oferece a filha ao primeiro cavalheiro que aparece, ela percebe que deve fugir de sua casa ou será forçada a se casar com um homem desprezível. Impelida pelo desespero, ela se candidata ao cargo de governanta na Mansão Tanglewood, a casa do belo Sr. Jonathan Ludlow. No momento em que Jonathan vê a Srta. Notley, ele fica intrigado. Ela é muito jovem e inexperiente, mas há algo nela que inspira uma certa esperança dentro dele. Será que ele ousa oferecer-lhe a posição de governanta ou vai fazer isso resultar numa catástrofe?

"A ascensão de Lady Notley" é o segundo livro da série Tanglewood e contará a história da Srta Carolyn Notley, a Cora e o Sr. Jonathan Ludlow.

Assim como o primeiro livro, o segundo também é narrado em terceira pessoa e terá como cenário principal a grande propriedade de Tanglewood, apesar de inicialmente estarmos em Londres.

Cora é filha de comerciantes e apesar de todo o dinheiro da família, seus pais não são aceitos na sociedade por falta de status. Por conta disso, Cora é vista por seus pais como uma moeda de troca. Porém, Cora não é uma jovem que aceita facilmente as circunstancias da vida, muito menos quando o seu pai encontra um pretendente bem mais velho e simplesmente nojento. 

Para Cora, o dinheiro não é o essencial, muito menos um título de nobreza. Ela está disposta a abrir mão de tudo e trabalhar em troca da liberdade.

Contando com uma fada madrinha inesperada, Cora vai se refugiar com o Sr. e a Sra. Shepherd (família da protagonista do primeiro livro). Não querendo se tornar um estorvo, Cora decide que vai se candidatar ao cargo de governanta em Tanglewood, onde o novo proprietário, o Sr. Jonathan Ludlow, está contratando.


Jonathan é um homem que segue as regras, e muitas vezes, é visto como rígido e autoritário. Porém, o que ele mais deseja é que as pessoas sejam honestas com ele. Por isso, quando Cora se candidata ao cargo, deixando claro a sua inexperiência, mas disposição para trabalhar, ele resolve dar uma chance a jovem.

Cora tem muito a aprender e seu início não é dos mais fáceis e apesar da resistência dos antigos empregados, Cora é muito resiliente e tem um coração enorme, o que faz com que conquiste a todos, até mesmo os mais teimosos, como o sr. Ludlow.

O romance entre os dois é bonito de se ler, pois é algo que vai se desenvolvendo gradualmente. Claro, há atração imediata, mas eles vão aprendendo um sobre o outro. 


As personalidades se complementam muito bem. Enquanto Jonathan é mais sério, até mesmo severo, Cora é o coração mole, aquela que acredita em segundas chances e em estender a mão para o próximo.
Para aqueles leitores que estão acompanhando a série, existem personagens que marcam presença nesse segundo livro, como é o caso dos já mencionados Sr. e Sra Shepherd e a irmã mais nova do Conde Drayson.

Diferentemente de muitos romances do gênero, esse traz como personagens secundários de destaque, a classe trabalhadora da época, como o Sr. Watts, que é o mordomo, a Sra. Caddy, que é a cozinheira, a camareira Sally e a jovem Alice, ajudante de Tanglewood.

"A ascensão de Lady Notley" é um romance gostosinho, que é um acompanhamento perfeito de uma xícara de chocolate quente e um sofá aconchegante.


* Confiram a resenha do primeiro livro: A queda do Lorde Drayson

3 comentários